quinta-feira, 21 de maio de 2009

Anatomia do Sistema Linfático



O Sistema Linfático é formado por vasos e órgãos linfóides, onde circula a linfa, sendo basicamente um sistema de drenagem, ou seja, um sistema auxiliar do sistema venoso. Nem todas as moléculas, do líquido tecidual, passam para os capilares sangüíneos, como é o caso das moléculas de grande tamanho, que são recolhidas em capilares especiais, os capilares linfáticos, de onde a linfa segue para os vasos linfáticos, e destes para os troncos linfáticos, mais volumosos, que por sua vez lançam a linfa em veias de médio e grande calibre.

Esse sistema pode tranportar proteínas e material de grandes partículas, para fora dos espaços teciduais, onde nenhum dos quais, podem ser removidos por absorção direta dos capilares sangüíneos. Essa remoção das proteínas dos espaços intersticiais é uma função essencial, sem a qual morreríamos num espaço de 24 horas.
Os capilares linfáticos são mais calibrosos e mais irregulares que os sangüíneos, com estrutura semelhante à das grandes veias, sendo formadas por três túnicas: Íntima, média e adventícia.

As estruturas do Sistema Linfático são: Baço, Timo, Tonsilas, Coletores Linfáticos Principais (Ducto Torácico, Ducto Linfático direito e Linfonodos ou Gânglios linfáticos.

Ações da Drenagem Linfática Manual

A Drenagem Linfática Manual tem influência direta sobre:
- A velocidade da linfa transportada;
- A quantidade de linfa processada dentro dos vasos linfáticos;
- No aumento da capacidade dos capilares linfáticos;
- Na motricidade intestinal e no aparelho gênito-urinário;
- Na musculatura esquelética;
- Na musculatura lisa das arteríolas, metarteríolas e vasos linfáticos.
Indiretamente, a Drenagem Linfática Manual, atua sobre:
- Nutrição celular;
- Oxigenação tecidual;
- Desintoxicação do tecido intersticial e da musculatura esquelética;
- Absorção dos nutrientes do trato digestivo;
- Aumento da quantidade de líquidos excretados;
- Distribuição hormonal.
Indicações:
- Edemas e linfedemas que não tenham causas infecciosas e/ou inflamatórias;
- Pré e pós-operatório de cirurgia plástica;
- Cicatrizes e quelóides;
- Envelhecimento da pele;
- Queimadiras e enxertos;
- Fibro edema gelóide (celulite);
- Gestantes que não tenham complicações (aconselhável à partir do terceiro mês de gestação);
- Acne branda;
- Entre outras...
Contra-indicações:
- Gravidêz de risco e/ou nos três primeiros meses de gestação;
- Hipertensos e/ou diabéticos descompensados (com os níveis em descontrole);
- Hipotensão arterial (caso a pressão esteja baixa no momento do atendimento);
- Processos infecciosos e/ou inflamatórios;
- Trombose venosa superficial ou profunda;
- Varicosidades graves;
- Distúrbios cutâneos;
- Entre outras...

A Drenagem Linfática Manual é, comprovadamente, uma terapia que tráz resultados positivos a curto, médio e longo prazos, desde que, sejam respeitados todas as indicações e contra-indicações. O paciente deve procurar sempre profissionais com comprovada qualificação e preparação para conduzir o tratamento terapêutico ou estético, pois o que é um santo remédio para um pode ser um veneno mortal para outro, e somente um profissional competente estará capacitado para tal avaliação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Share It

Related Posts with Thumbnails