quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Massagem integral para melhorar a qualidade de vida


  • Quando pensamos em uma massagem automaticamente nos vem à mente retirar os nós e contraturas da coluna e dos ombros.
    No entanto, podemos desfrutar de todos os benefícios de uma massagem se as praticarmos nas áreas adequadas.
  • Eliminar o tão conhecido estresse, reduzir as dores posturais, retirar a ansiedade ou mesmo diminuir o acúmulo de líquidos… estas são somente algumas da vantagens das massagens.
    Mesmo que seja verdade que é preciso estudo e prática para massagear outra pessoa, pelo menos podemos melhorar nossa qualidade de vida com certos movimentos. 
    Para fazer uma massagem integral, como primeira medida precisaremos de comodidade. Isso quer dizer que tanto o quarto como a cama ou cadeira terão que ser agradáveis. Se possível com pouca luz e nada de ruídos externos.
    Também assegure-se de que a temperatura seja adequada para quem receberá a massagem.
    • Você pode ambientar o lugar com algumas velas ou incensos (se a pessoa não for alérgica nem se incomodar com os cheiros fortes).
    • Muitos optam pela música ambiente. Escolha canções sem letra, somente instrumental e do tipo para relaxar ou meditar. Também podem ser usados temas que imitem a natureza (chuva, ondas do mar, cascatas, pássaros, etc.).
    Além disso, você precisará de óleos para massagens. São muito fáceis de serem obtidos, porque são vendidos em lojas especializadas.
    Consulte se a pele de quem receberá a massagem é sensível ou se necessita de algum tipo especial de óleo. Os mais suaves são o de amêndoas e o de jojoba (ou você pode tentar o óleo de bebê).
    As toalhas são essenciais, principalmente se estiverem quentes. Para isso use o forno ou um aquecedor especial.
    O importante é que sejam usadas para cobrir a pessoa que irá receber a massagem e também para aumentar a temperatura caso tenha os pés ou as mãos frias. Ao finalizar, também precisará de toalhas limpas para retirar o excesso de óleo.

  • 6 lugares do corpo excelentes para fazer massagem

    Mesmo que sejam áreas pouco frequentadas pelos especialistas, a verdade é que as massagens nestas áreas do corpo podem nos trazer vários benefícios.Onde deveríamos massagear (e onde não)?

    Muito além de que possamos precisar de massagens por motivos médicos, a verdade é que sempre cai bem uma sessão de 30 ou 45 minutos deitado na cama de um centro de estética ou spa para retirar as dores que tanto nos afetam no dia a dia. 
    Mas, você sabia que existem áreas do corpo onde os massagistas não costumam se prender, nem nós mesmos quando tentamos eliminar os incômodos?
    Uma vez que você as conheça e trabalhe com elas, nada será como antes. Você se sentirá muito mais aliviado, relaxado e feliz!
    Preste muita atenção a estes 6 pontos que são excelentes para fazer e receber massagens.

    1. Coroa da cabeça

    Mais da metade das pessoas no Ocidente afirma estar muito cansado quando termina a jornada de trabalho.
    Uma massagem na cabeça (mais precisamente na coroa) produz uma sensação mais do que agradável porque relaxa os músculos do crânio e ao mesmo tempo ativa a circulação sanguínea.

    2. Rosto

  • Não só serve para aparentarmos mais jovens, pois tensiona a pele, mas também nos ajuda a relaxar. Caso você tenha muito estresse ou esteja muito ansioso, recomendamos este tipo de massagem.
    Também pode ser útil para acabar com o cansaço diário e para um momento de preocupação ou tensão. 

    3. Crânio

    Já comentamos que massagear a coroa é mais do que benéfico para a saúde. No entanto, não é única parte da cabeça que podemos trabalhar para nos sentirmos bem.
    Além disso, se pensarmos que o estresse acumulado gera problemas de saúde e provoca depressão, vale a pena fazer algo para reduzi-lo.

  • Uma massagem na parte alta da cabeça (entre a glabela e a coroa) é ideal para aqueles que tem que pensar muito em seus trabalhos.
  • Também é perfeita antes de fazer uma prova ou em empregos que requerem muita concentração e passar horas em frente a uma tela de computador.
  • Serve para liberar as tensões, aliviar o mau humor e melhorar o sono. Realmente espetacular!

4. Orelha


Trata-se de uma técnica como poucas para conseguir o tão ansiado relaxamento. Você sabia que uma das causas de estresse é o ruído que escutamos diariamente quando vivemos em uma grande cidade?
As buzinas, os gritos e inclusive a música alta ouvida com fones de ouvido nos provocam cansaço e ansiedade adicionais aos problemas.
No lugar disso, o silêncio tranquiliza a mente, evita os pensamentos negativos e reduz o gasto energético cerebral. Assim, é mais fácil dormir à noite ou pensar em coisas boas.
A massagem terá que ser realizada por detrás das orelhas, com movimentos circulares, e depois movendo o lóbulo no sentido horário.


Não costumamos fazer massagens nos dedos a menos que estes doam. E esse é um grande erro! As pontas dos dedos são um dos lugares mais resistentes que temos no corpo, mas são sensíveis e precisam de atenção e cuidado.

5. Ponta dos dedos

Estão tão repletas de terminações nervosas que devem ser relaxadas mediante uma técnica de pressão. Ideal para aqueles que trabalham todo o dia com o teclado.

6. Glúteos

É uma das áreas mais esquecidas, já que as massagens “chegam” até as coxas ou até o cóccix. Não somente é prazeroso, como também nos ajuda a evitar certos incômodos por passarmos muitas horas sentados.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Massagem Tailandesa



A Massagem Tailandesa é uma forma ancestral de trabalho corporal originária da Tailândia, recebendo fortes influências das culturas Indiana e Chinesa. Esta técnica tem um enquadramento bem definido no seio do sistema de saúde tradicional deste povo. É uma técnica que se caracteriza por ser realizada no chão e por possuir três formas de intervenção sobre os tecidos: compressão, acupressão em pontos energéticos específicos, mobilizações articulares/alongamento muscular.
 
A Massagem Tailandesa apresenta-se como uma forma de trabalho corporal de grande potencialidade. As suas técnicas diversificadas com características energéticas e fisiológicas, o trabalho sobre as amplitudes articulares e a exploração das propriedades elásticas do músculo, fazem da massagem tailandesa uma técnica extraordinária que se complementa na perfeição com o trabalho de marquesa. A sua dinâmica muito própria oferece não só ao cliente mas também ao técnico, benefícios evidentes para a sua condição física geral.
 
 
FUNDAMENTOS DA MASSAGEM TAILANDESA

  • Objectivos e estrutura do curso
  • História
  • Ética e abrangência prática
  • Documentos de Registo
  • Procedimento inicial /plano de tratamento
  • Contextualização da massagem na atualidade e sua exploração comercial
  • Princípios específicos
  • Posições base do técnico / mecânica corporal
  • Técnicas específicas / ferramentas corporais
  • Efeitos terapêuticos, indicações e contra-indicações terapêuticas da massagem

LINHAS ENERGÉTICAS

  • Localização anatómica
  • Mecânica corporal adaptada para a pressão sobre as linhas
  • Trabalho segmentar sobre os percursos energéticos

POSICIONAMENTOS CORPORAIS

  • Massagem segmentar em decúbito dorsal
  • Massagem segmentar em decúbito ventral
  • Massagem segmentar em decúbito lateral
  • Massagem segmentar na posição sentada ​

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

A massagem biodinâmica



Uma proposta de acolhimento e de um toque auto regulador das tensões causadas pelo stress. Trata-se de um tipo de terapia corporal que difere – em intenção e toque – de outros tipos de massagem.
Tensões continuadas vão imprimindo uma expressão defensiva no organismo, alterando posturas físicas e psicológicas, muitas vezes, sem que haja o estímulo estressor.
A massagem biodinâmica é um tipo específico de massagem que busca proporcionar um estado de relaxamento que permita a auto regulação organísmica, o reconhecimento das pressões no próprio corpo e o entendimento de suas reações.
Renova o organismo para enfrentar novos desafios ao desbloquear a energia vital, regulando o ciclo energético de carga – descarga, contribuindo assim para a saúde física e mental.

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Massoterapia e Hipertensão


Massoterapia e Hipertensão
O controle do aumento da pressão arterial em pacientes com hipertensão é um importante desafio médico e social. A hipertensão arterial é considerada uma das principais causas de ataques cardíacos e derrames. Um fato interessante, no entanto, é que de todos os casos de hipertensão, apenas 10 por cento dos pacientes tem uma causa estabelecida explicar sua condição. Por exemplo, o estreitamento da aorta, tumores adrenais ou glomerulonefrite produz hipertensão secundária. Em 90 por cento dos pacientes, a causa da hipertensão é desconhecida. Nesses casos, o paciente tem hipertensão "essencial" ou EH. A medicina moderna convencional reconhece um desequilíbrio entre as divisões simpática e parassimpática do sistema nervoso autônomo, como o gatilho inicial de EH. Um aumento no tônus simpático produz vasoconstrição arteriolar com conseqüente aumento na resistência vascular periférica.

No início, estas mudanças apresentam um caráter transitório e que o organismo utiliza mecanismos de auto-regulação para restabelecer o bom relacionamento entre os tons simpático e parassimpático. É por isso que nos estágios iniciais, há episódios de aumento da pressão arterial, sem sintomas de hipertensão. Com o tempo e repetidos episódios de ataques a hipertensão, o organismo repõe receptores especiais, chamados barorreceptores, na circulação arterial para o novo nível, a elevação da pressão arterial torna-se contínuo.

Fisiologia
Primeiro, vamos analisar rapidamente como massagem afeta a pressão arterial em pacientes com EH. Há três mecanismos importantes que os profissionais de massagem devem utilizar para ajudar os pacientes com hipertensão: Equilíbrio das divisões simpática e parassimpática do sistema nervoso autônomo, vasodilate das artérias vertebrais e reduzir a resistência vascular periférica. Estes três mecanismos estão intimamente correlacionadas, daí a necessidade de discuti-los juntos como partes de um mesmo processo.

O corpo tem um mecanismo de proteção que visa salvaguardar o suprimento de sangue para o cérebro. Se a circulação nas artérias vertebrais diminui ainda que ligeiramente, relatório receptores vascular periférica para o centro vasomotor na medula espinhal e os aumentos da freqüência cardíaca. Ao mesmo tempo, motor (eferente) impulsos são enviados para as estruturas vasculares nos músculos esqueléticos se contraiam e redução do fluxo sangüíneo arterial local. Esta alteração permite uma quantidade extra de sangue arterial devem estar disponíveis para a restauração da perfusão cerebral. A combinação de um aumento da freqüência cardíaca e um aumento da resistência periférica vascular provoca hipertensão. Com uma vasoconstrição mais persistentes das artérias vertebrais, a hipertensão arterial se torna mais duradoura, resultando em maior sistólica e diastólica os valores da pressão arterial.

Massoterapia e RVP
Com a massagem, podemos estimular os receptores parassimpáticos, causando uma diminuição na RVP, com as manobras de compressão, estimulamos de forma endógena através da Adenosina, a hiperemia reativa local, que visa uma compensação do aporte sanguíneo, pelo tempo que as células ficaram sem irrigação, causando assim uma vaso dilatação, ou seja diminuição RVP. Levando o paciente a um relaxamento físico, emocional, e parassimpático podendo levar a uma baixa de PA.

Massoterapia e DC
As manobras de massoterapia possuem um sentido centrípeto, visando auxiliar no retorno venoso, aumentando a pré-carga, segundo a Lei de Frankstarling. No momento em que o coração recebe mais sangue, aumenta da força de contração (hinotropia), aumentando por sua vez a PA. Com o estimulo no SN exitatório ( simpático), ocorre a liberação de adrenalina, aumento da FC e da Fração de ejeção e DC. Podendo levar o paciente a ter um aumento na pressão arterial.

Acompanhamento do Paciente Hipertenso na Massoterapia
O paciente com diagnóstico de hipertensão que procura a massoterapia, deve estar sendo medicado. O acompanhamento médico é fundamental para este paciente e caso o paciente seja recebido na massoterapia com uma PA ( Pressão Arterial) elevada acima do valor de referência limítrofe por mais de duas vezes no gabinete do massoterapeuta, conforme o quadro da SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia), o mesmo deverá ser encaminhado para avaliação ou reavaliação do cardiologista.

O uso do aparellho aferidor de pressão arterial. (esfigmomanômetro) é essencial para toda avaliação em massoterapia, mesmo que na anamnese o paciente não relate histórico pregresso ou histórico familiar. Caso o paciente apresente histórico da doença o mesmo deverá ter sua pressão avaliada a cada sessão e ou após cada sessão, com anotações dos índices nas evoluções em pasta(prontuário), sendo observado e recomendado os valores na tabela, (Tabela de Acompanhamento do Paciente Hipertenso na Massoterapia).

www.massovida.com

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Massagem clássica





A massagem clássica pode ser definida como o uso de diversas técnicas manuais que objetivam promover o alivio do estresse ocasionando relaxamento, mobilizar estruturas variadas, aliviar a dor e diminuir o edema. Na atualidade a massagem não é considerada como empírica e sim como ciência, uma vez que muitos efeitos relacionados a este recurso foram estudados.

Revisar os tipos de massagens e seus benefícios, e ressaltar que a massoterapia vem passando por muitas modificações, à medida que mais pessoas vêm descobrindo sua eficácia como método de relaxamento, de combate ao estresse, de alívio da dor e disfunção.



Materiais e métodos: Este artigo é uma revisão sistemática da literatura, através de livros e artigos científicos indexados no site Scielo, publicados no período de 1998 a 2010.


Resultados: Devido ao padrão de beleza imposto atualmente, somado ao crescimento do número de pessoas obesas e com sobrepeso no Brasil, observa-se insatisfação com a imagem corporal e maior preocupação e desconforto com o corpo, aumentando a procura por tratamentos estéticos. Quando executada adequadamente, a massagem clássica estética pode auxiliar na redução de medidas e edemas, estimular a circulação sanguínea, o metabolismo e as respostas neuromusculares, harmonizar os contornos corporais e minimizar a ansiedade e a depressão contribuindo para o aumento da autoestima e da qualidade de vida. Entretanto, a ação da massagem clássica no tecido adiposo ainda é um tema extremamente controverso, pois alguns autores acreditam haver efeito lipolítico sobre o tecido adiposo e outros não.


Conclusão: A massagem clássica promove muitos benefícios para o corpo e mente, porém, há discordância de muitos autores a respeito da massagem auxiliar na perda de peso e redução de medidas corporais, devido a isso se sugere a realização de novos estudos.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Drenagem linfática pode ser forte aliada neste período de folia

Massagem usada como mecanismo para eliminar excesso de líquido e toxinas retidas no corpo torna-se procedimento favorável para ser realizado na época de Carnaval
Fast food, refrigerantes, bebidas alcoólicas e produtos industrializados. Estas opções se tornam alimentações praticamente inevitáveis quando o assunto é festa e diversão. Com o carnaval se aproximando, o calendário de ensaios dos bloquinhos se intensificam e é dada a largada para a folia. Estes alimentos, por mais que sejam saborosos e práticos, tornam-se vilões para a nossa saúde, sendo visivelmente estampado no nosso corpo em forma de inchaço e celulite. De acordo com Suzana Machado, esteticista do Office Hair, salão comandado pelo hair stylist Ramiro Cerqueira, a drenagem linfática é o tratamento mais indicado para amenizar os danos causados pelos excessos desta época. 
A drenagem linfática é um tipo de massagem corporal que auxilia na eliminação do líquido e das toxinas retidas no organismo. “Durante a massagem, é aplicada uma técnica para estimular o sistema linfático, que é onde os circulam os fluídos do corpo. Isso faz com que ele trabalhe mais acelerado”, conta Suzana. Além de também ativar a circulação sanguínea, acelerar o metabolismo e aliviar os sintomas da TPM, a drenagem não possui restrições como evitar exposição ao sol ou necessitar de repouso, por isso é tão recomendada. 
A profissional salienta que o açúcar, o sal e o álcool são os principais vilões que comprometem esta estrutura do organismo. Segundo a ela, o ideal para intensificar os resultados da drenagem linfática é manter o corpo ativo, ou seja, separar cerca de trinta minutos do dia para realizar alguma atividade física, controlar o que é ingerido e beber bastante água. Aliando estes quatro passos básicos você poderá cair na folia sem medo do inchaço e das temidas celulites.http://www.segs.com.br

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Massagem científica



Músculos esqueléticos. músculos lisos, órgãos viscerais, tegumento, fáscia, articulações, ossos, todos podem apresentar disfunções ao longo do tempo, necessitado de auxílio externo para voltar ao seu estado natural de vitalidade.
Para tudo isso existe a massagem científica como forma de tratamento, utilizando técnicas, ferramentas e recursos naturais, com resultados comprovados pela prática e pela pesquisa científica.
Quem o massoterapeuta clínico atende?

Pacientes nos ambientes de saúde ou em serviços Home Care e domiciliar.
Atletas ( saúde no esporte )
Colaboradores de empresas ( saúde no trabalho ).

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails