quarta-feira, 31 de março de 2010

Repouso pós-massagem


Nas massagens onde se utiliza pressão profunda sobre os tecidos moles, normalmente quando o paciente possui nódulos ou contraturas sensíveis e dolorosas, é necessário um período de repouso pós-massagem .

Normalmente de 1 à 2 dias. É comum a pressão psicológica, principalmente no trabalho profissional, e muitas pessoas não dão a si mesmos a possibilidade de tratamento adequado, principalmente quanto ao tempo de descanso.
Repouso é quase sempre necessário para se ter uma reação por parte do corpo e assim uma completa recuperação. Logo após a massagem terapêutica, muitos pacientes diante da melhoria do quadro de dor, voltam imediatamente às atividades físicas normais, o que pode gerar contração excessiva e uma resposta negativa por parte do tecido afetado. Não se enganem com a sensação de bem-estar pós massagem profunda, achando que já está tudo bem. Repouse!


Texto: Eduardo Marinho

terça-feira, 30 de março de 2010

Movimentação


A movimentação é a terapia ou tratamento através do movimento e engloba recursos e técnicas variados, incluindo: mobilização ativa e passiva, alongamento, exercícios respiratórios, exercícios para fortalecimento muscular, reeducação da postura, coordenação motora, equilíbrio, dentre outros.
Um dos seus principais aspectos é englobar, através da realização de exercícios estáticos e dinâmicos associados à respiração e à reeducação da postura e do movimento, a conscientização corporal, o resgate da auto-imagem e a orientação de condutas para as atividades da vida diária.

A movimentação pode ser realizada de forma manual, podendo ser realizados os movimentos e exercícios ao ar livre ou na água (hidroterapia), utilizando-se também bolas, pranchas, barras, pesos e outros recursos para se alcançar os objetivos.

A movimentação ativa é aquela em que somente o cliente realiza os movimentos o qual foi orientado a fazer.
A movimentação passiva é aquela em que somente o terapeuta realiza os movimentos.
A movimentação ativa ajudada é aquela em que o cliente e o terapeuta tomam parte da manobra.
A movimentação ativa com oposição é aquela em que o cliente realiza os movimentos e o terapeuta opõe uma resistência.

Lembrete aos terapeutas: Quando a movimentação é feita por meio de aparelhos recebe o nome de Mecanoterapia.

MOVIMENTOS ARTICULARES

FLEXÃO – É o movimento de uma parte do corpo contra outra, com diminuição do ângulo da juntura entre essas partes, ocorre no plano sagital em torno de um eixo látero-lateral. Exemplo: “dobrar” o cotovelo, levantar a coxa contra o abdômen;
EXTENSÃO – É o movimento oposto a flexão, também ocorre no plano sagital em torno do eixo látero-lateral. Consiste em afastar uma parte corporal da outra, com o aumento do ângulo da articulação entre essas partes. Exemplo: retificação dos dedos, inclinação do pescoço para trás;
HIPEREXTENSÃO – É o movimento exagerado de extensão. Exemplo: hiperextensão dos joelhos (provocam um arco convexo posteriormente entre a coxa e a perna);
ABDUÇÃO – É o afastamento de um membro do plano mediano do corpo ou, no caso dos dedos, distanciamento do eixo da mão e do pé. Acontece no plano frontal em torno do eixo Antero-posterior. Dica: para lembrar, pense em abrir - abdução;
ADUÇÃO – É o movimento oposto à abdução, consiste na aproximação de um membro do plano sagital do corpo ou, para os dedos, ao eixo da mão ou do pé. Ocorre no plano frontal em torno do eixo Antero-posterior.
FLEXÃO LATERAL – Termo usado para denotar os movimentos da cabeça, pescoço e tronco no plano frontal em torno do eixo Antero-posterior;
ROTAÇÃO MEDIAL OU INTERNA – Movimento em torno do eixo longitudinal, no plano horizontal. A face anterior do membro volta-se para o plano mediano do corpo;
ROTAÇÃO LATERAL OU EXTERNA – A face anterior do membro desvia-se para o lado, ocorre no plano horizontal em torno do eixo longitudinal. Exemplo: Girar o braço, as articulações do ombro e quadril;
CIRCUNDAÇÃO – É a combinação sucessiva de flexão, abdução, extensão e adução de um segmento. Só são possíveis nas junturas esféricas e em sela, como os ombros;
SUPINAÇÃO E PRONAÇÃO – São movimentos de rotação do antebraço no plano horizontal. Na pronação a extremidade distal do osso rádio move-se a partir de uma posição lateral para uma posição medial e o dorso da mão fica voltado para frente. Na supinação ocorre o oposto. É melhor observar esses movimentos com o antebraço fletido a 90º para evitar que a rotação do ombro produza a falsa aparência do movimento.
EVERSÃO – Movimento da sola do pé para fora nas articulações do tornozelo e intertársicas.
INVERSÃO – Movimento da sola do pé para dentro, nas articulações do tornozelo e intertársicas;
DORSIFLEXÃO – O dorso dos pés se movem em direção anterior e para cima.
FLEXÃO PLANTAR – A planta dos pés se movem em direção caudal e posterior.
PROTRAÇÃO – Movimento de uma parte do corpo para a frente num plano horizontal. Exemplo: protração da mandíbula;
RETRAÇÃO – Movimento de uma parte do corpo para trás num plano horizontal. Exemplo: retração da mandíbula;
ELEVAÇÃO – Movimento de uma parte do corpo para cima. Exemplo: elevação da escápula;
DEPRESSÃO – Movimento de uma parte do corpo para baixo.

Equilibrar é preciso [40]


"A sabedoria é para a alma o que a saúde é para o corpo."

sábado, 27 de março de 2010

Massagem Biorrítmica Bioenergética


A MASSAGEM BIORRÍTMICA BIOENERGÉTICA, é a técnica que utiliza o princípio de observação do ritmo das energias sutis e da Bioenergética. Têm procedimentos de manipulação do corpo, pressões controladas a nível superficial e profundo, toque para relaxar a musculatura contraída e exercícios que propõem ajudar a pessoa a entrar em contato consigo mesmo, liberando as tensões por meio de movimentos apropriados e respiração correta.

No trabalho da bioenergética o importante não é o que o cliente fala, mas como fala, o que está reprimindo em seu olhar, no jeito de se movimentar, no tom de sua voz. O terapeuta que aplica a MASSAGEM BIORRÍTMICA ENERGÉTICA propõe ajudar as pessoas a entrarem em contato com suas tensões e liberá-las através de movimentos cadenciados e apropriados.

É conhecido pela maioria que quando a criança nasce, sua respiração é perfeita. É abdominal. Durante seu crescimento e desenvolvimento, muitos bloqueios, medos, e censuras vão se acumulando, tendo início em casa com os pais, depois na escola, mais tarde o convívio com o trabalho, fazem com que esta pessoa crie defesas.

Então, sua energia fica muitas vezes estagnada. Deixa de respirar naturalmente, sua auto-expressão é reduzida, a comunicação com o mundo exterior se torna difícil, refletindo em seu corpo. Uma pessoa que experimenta este tipo de situação não se dá conta que ela está respirando somente aquela quantidade de ar suficiente para sobreviver.

Ela restringe até mesmo o seu espaço físico, se torna tímida ou receosa. Ela não está livre para vida, não é feliz, não está integrada consigo mesma, nem com a natureza.

Dia após dia, seus movimentos ficam bloqueados. Na vida adulta se torna uma pessoa cheia de travas, ressentimentos, tensa, com a musculatura endurecida e dolorida, quando não somente isto, desenvolve sentimentos conflituosos e pensamentos confusos.

Muitas dessas pessoas geram em seu organismo doenças crônicas, tais como: enxaquecas, gastrites, bronquites, asma, dores e curvaturas na coluna, pressão alta, cansaço, depressão, estresse, e assim por diante, até o momento que ela não mais suporta suas dores físicas e busca recursos com as drogas químicas.

É importante esclarecer que o estresse não está associado a uma carga excessiva de trabalho, muitas pessoas estão estressadas por que seus pensamentos não a deixam em paz, seus conflitos existenciais são antigos e profundos.

A melancolia é permanente ou cíclica. Se esta pessoa começa a se observar, identificando estas questões vivenciais e seus distúrbios orgânicos ela perceberá que um fato esta ligado ao outro.

Por exemplo: "Todas as vezes que me aborreço, meu dia se acaba, a enxaqueca aparece". Os fatos citados por clientes que buscam a massagem , são inúmeros. Voltando ainda a falar sobre a Bio energética, que significa a energia da vida, Lowen dizia: "que na medida em que se valoriza a vida e o prazer, existe uma verdade que não pode ser ignorada. Estar cheio de vida é respirar profundamente, mover-se livremente, e sentir com intensidade."

A MASSAGEM BIORRÍTMICA ENERGÉTICA é a abordagem que trabalha no sentido de estabelecer esse prazer de estar cheio de vida(vitalidade). Ampliando este conceito dos bloqueios, foi denominado de COURAÇA MUSCULAR, chegou-se a idéia das estruturas de caráter que define o sujeito conforme seus tipos de defesa.

A COURAÇA é um conjunto de tensões musculares que estão organizadas em sete seguimentos básicos, distribuídas pelo corpo, desde a cabeça até os pés.
As funções das COURAÇAS é criar barreiras de defesas e proteção, que bloqueia o contato da pessoa com as suas sensações, sentimentos e também com o mundo. Além disso, ela provoca uma inibição respiratória, que consequentemente diminui a ventilação pulmonar e a restrição às sensações físicas.

O mecanismo que dá origem a COURAÇA MUSCULAR é o de repressão, que significa inibir e negar determinadas sensações e impulsos, que estão dentro do contexto em que a pessoa se desenvolve. Para se entender melhor o conceito de COURAÇA devemos compreender também a ligação decorrente entre emoção, musculatura e respiração.

A Palavra emoção quer dizer "mover para fora", ou seja, o movimento das sensações naturais. Quando uma pessoa passa por uma sessão de MASSAGEM , ela começa a fazer descobertas de quanto ela esta limitada.

As primeiras COURAÇAS MUSCULARES são removidas, então percebe o quanto a Vida pode ser prazerosa e seu corpo pode ser saudável. A Massagem Rítmica Bioenergética, tem um propósito que vai além do que somente aliviar as dores físicas.

Ela trabalha a nível profundo de circulação total, equilibrando os centros vitais para melhoria de todo estado corporal, mental e psíquico.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Massagem Manual x Massagem Mecânica

Um estudo investigou a utilização de 2 técnicas mecânicas e uma manual, na redução de edema para pacientes pós-mastectomizadas. Os resultados indicaram que tanto a massagem pneumática com pressão uniforme como a manual produziram uma redução permanente estatisticamente significante no edema nessa população de pacientes.


Com este estudo mostrou-se que aplicações de massagens mecânicas e manuais, podem ter resultados terapêuticos similares. Algumas massagens agem diferentemente para determinados tipos de patologias: por exemplo, a TENS tem se mostrado mais efetiva que a massagem mecânica leve no alívio da dor em síndromes de lombalgia de acordo com medidas feitas por um instrumento de avaliação de dor padronizado e com a elevação da perna estendida. Um efeito interativo interessante da massagem aplicada junto com gelo foi a ausência de efeito sobre o alívio de dor muscular atardia após o exercício.


Fonte: Medicina de Reabilitação - Princípios e Prática - Vol I , 1992.

quinta-feira, 25 de março de 2010

Reações da massagem


As reações da massagem e ao trabalho corporal variam de um cliente para outro. Enquanto uma pessoa apresenta uma resposta positiva em um curto período de tempo, outro cliente nas mesmas condições talvez necessite de um tratamento muito mais longo. A diferença é inevitável e deve ser encarada como natural.
É válido lembrar que os clientes curam a si mesmos, ainda que com a orientação e ajuda do terapeuta. Existe disparidade, também, nos efeitos físicos imediatos ao tratamento. Apesar de, em geral, a massagem ser um conjunto agradável, algumas das manobras são mais agradáveis que outras.
As técnicas de massagem profunda, por exemplo, assemelham-se mais a uma “dor gostosa”, quando comparadas com sensação tranqüilizadora do deslizamento superficial.
Às vezes, uma sensação residual de leve dor permanece após o tratamento, o que invariavelmente decorre da superestimulação dos nervos sensoriais. Entretanto, qualquer dor ou abrasão que persista ou demonstre alguma importância deve ser registrada, literal ou mentalmente, já que revela a necessidade de ajustes nos tratamentos subseqüentes ou de omissão completa da área.
Alguns clientes também relatam uma sensação de peso na cabeça ou a necessidade de assoar o nariz logo após o tratamento: ambos os sintomas são temporários e indicam que o corpo está eliminando toxinas. Não raro, a massagem no abdômen é seguida por defecação, e a massagem na linfa e nos rins, por micção: são, portanto, reações esperadas.
Para que o tratamento se complete, o cliente deve estar informado sobre os resultados esperados da massagem e ser aconselhado quanto antes.

quarta-feira, 24 de março de 2010

Massagem integrativa


segunda-feira, 22 de março de 2010

Qigong ( ou Chikung )



Domínio do sopro vital ,o Qigong ( ou Chikung ) é uma tradição milenar que pertence à medicina tradicional chinesa e ocupa um lugar importante junto com a acupunctura, as massagens e a dietética.

Qigong significa "domínio da energia" ou "disciplina da energia". Os exercícios do Qigong são considerados, com razão, como uma via eficaz que permite preservar a saúde, restaurar o equilíbrio emocional, fortalecer o sistema imunológico, aumentando a vitalidade do ser humano.Para além de exercício e terapia, o Qigong é uma autêntica filosofia de vida, que poderá ser aplicado no dia a dia. Os seus principais objectivos são a tranquilidade, a harmonização do corpo e espírito com tudo o que nos rodeia, quer seja a natureza, a sociedade, os indivíduos, com o fim de obtermos uma calma e paz de espirito interior que nos permitirá viver mais felizes.

O treino de Qigong envolve cinco patamares importantes:

Regulação do Corpo ( Tiao She )
Regulação da Respiração ( Tiao Xi)
Regulação da Mente ( Tiao Xin )
Regulação do Qi ( Tiao Qi )
Regulação do Espírito ( Tiao Shen )

quinta-feira, 18 de março de 2010

Os chakras


Chakras
Em nosso corpo existem milhares de pontos energéticos chamados CHACRAS , sete deles são os mais desenvolvidos e são conhecidos como chakras principais ou grandes chakras. estes pontos são vórtices espiralados que permitem a troca e o remanejamento de energia entre os corpos sutis e o físico segundo sua localização.

São formados por três espirais de energia interligadas que giram em sentido horário e que intensificam-se na medida em que a pessoa se desenvolve interiormente.

Os chakras estão ligados entre si e sua energia é transmitida por todo o corpo através dos meridianos ou dutos energéticos, que formam uma malha magnética por todo o corpo. A deficiência ou o sobrecarregamento, são as principais consequências do desequilíbrio destes centros energéticos.

Quando um chakra está enfraquecido, outro chakra tenta suprir a deficiência, podendo sobrecarregar-se, aumentando ainda mais a desarmonia. Se a causa do enfraquecimento de um dos chakras não é curada, acaba por enfraquecer todos os outros causando várias doenças físicas. A perda constante de energia pelos chakras pode levar até mesmo a estados crônicos de desvitalização, pois são essenciais para alimentação energética dos corpos físico e sutil.

A cada chakra corresponde uma cor, um mantra, uma nota musical e um centro energético que exerce influência sobre um ou mais órgãos do corpo humano, e principalmente sobre as glândulas.

A maior parte, senão todas, as técnicas de Terapias Alternativas trabalham sobre estes vórtices, restaurando a vitalidade e o bom funcionamento dos chakras.

quarta-feira, 17 de março de 2010

O poder da massagem


O estresse e a tensão têm efeito cumulativo no organismo humano e podem provocar mais problemas do que se imagina. O desequilíbrio energético evolui de forma gradativa, e isso não é nada bom.

O primeiro reflexo é o cansaço mental e físico, depois surgem, sutilmente, as dores. O ponto de tensão do indivíduo determina o local da dor, as regiões mais problemáticas costumam ser os ombros, o pescoço e o tórax. "Nestas áreas podem até aparecer nódulos, resultado de energia bloqueada. Tem gente que até acredita estar com alguma doença mais séria", verifica o massagista Nilson Inue.

"A massagem não cura doenças e sim tem a função de preveni-las", alerta. Há massagens para diversas finalidades e qualquer pessoa, independente da idade, pode se submeter a uma sessão.

"O bom terapeuta se reconhece pelo toque. A massagem é uma troca de energia entre o profissional e o paciente e isso precisa ser feito com carinho", explica a professora e terapeuta corporal Roseli Siqueira. "Nosso corpo sabe o que é bom para ele, desta forma, se você sai dolorido ou de mau-humor de uma sessão é porque não houve a troca necessária.

" O estresse é muito comum na rotina de quem vive nas grandes cidades. Não é só quem trabalha fora que sofre com o mal, muitas donas de casa também estão sendo vítimas do problema. "O organismo reage ao estresse eliminando em excesso o hormônio corticóide e a adrenalina, substâncias produzidas pelas glândulas supra-renais e liberadas na corrente sangüínea", frisa Roseli.

Externamente, o corpo vai mostrando a evolução deste desequilíbrio interno. Nos cabelos, dermatite seborréia (caspa), oleosidade, queda e, em alguns casos, a perda total dos fios; na pele, cravos, espinhas, urticária, rush cutâneo (coceira), manchas, micoses, herpes, vitiligo e psoríase.

"Como a tensão e a ansiedade acentuam o ritmo respiratório, aumenta também a produção de radicais livres, contribuindo para o envelhecimento precoce, ou seja, o surgimento de rugas, a flacidez e a falta de tônus da pele", verifica a professora.

Este quadro físico é o ponto de partida para o bom massagista dar início ao tratamento corporal e, se for o caso, indicar outras técnicas complementares. O ritmo da respiração, a postura e a cor da pele devem ser verificados numa primeira consulta. "Só para exemplificar, quando a pele está esverdeada pode estar havendo uma desarmonia no fígado; a cor vermelha mostra hiperatividade, e a pele amarelada pode revelar desarmonia nos órgãos digestivos", ensina. Nestes casos, a massagem indicada é a drenagem linfática, sem aparelhos.


É preciso desejar a massagem. Uma boa massagem, explica Roseli, tem o poder de relaxar tanto que a pessoa chega a ficar meio tonta quando levanta da maca. "Isso acontece porque o toque é muito profundo. No caso da drenagem linfática manual, por exemplo, o paciente sente o efeito quase imediatamente. Como ela tem a função de eliminar a retenção hídrica, a pessoa já levanta com muita vontade de urinar. E o efeito dura praticamente o dia inteiro".

Inue lembra que as massagens também são muito eficientes em pacientes paraplégicos. "São pessoas que ficam muito numa posição só, e com a massagem se sentem bem melhor. Fazendo com que o sangue circule melhor, em todo o corpo, a pessoa fica mais relaxada. Se isto não acontece, os membros começam a atrofiar", esclarece. Entretanto, Roseli lembra que é primordial que o paciente deseje o tratamento e não se sinta incomodado com o toque, caso contrário, a massagem, seja ela qual for, não terá o efeito benéfico desejado.

"É preciso despertar a pele e estimular o corpo do paciente para receber um trabalho energizante. É como se o terapeuta conversasse com a pele, tocando delicadamente o corpo. O toque é mágico, ele dissipa toda a energia ruim acumulada".

A massagem pode ser feita com o auxilio de óleos, cremes nutritivos ou hidratantes, essências ou gel. É bom lembrar ainda que é ideal que o momento da massagem seja dedicado exclusivamente ao relaxamento, porque de nada irá adiantar receber a massagem pensando nos compromissos agendados e no horário. Os especialistas também indicam a mudança de hábitos, como o sedentarismo e a alimentação errada, adotando maior percepção própria e uma postura mais otimista perante a vida.

terça-feira, 16 de março de 2010

Oligoterapia :A terapia dos metais


Proposta de atendimento e/ou tratamento terapêutico que visa à promoção do bem-estar do indivíduo em sua totalidade, ou seja, no âmbito físico, social, mental, espiritual e ambiental. Assim podemos definir as terapias holísticas, tão em moda nos dias de hoje. De acordo com os princípios da terapia, o ser humano não pode ser visto por partes, mas sim de forma contextualizada. A oligoterapia é uma dentre as várias terapias holísticas.

Trata as doenças através da administração de pequenas quantidades de minerais para suprir as necessidades orgânicas do indivíduo. Age por intermédio dos oligoelementos, que são metais ou metalóides, responsáveis pela catalisação das reações químicas que se processam, constantemente, em todos os seres vivos. Os estudos dos oligoelementos foram feitos na França nos anos 30 pelo médico Jacques Menetrier, um pesquisador da homeopatia.

Começou a fazer altas diluições com metais, o que permitia que a terapia fosse feita sem apresentar nenhum efeito secundário. Segundo a terapeuta Haydée Lacaze, a oligoterapia é considerada uma terapia suave, pois trata o doente e não a doença, por intermédio do equilíbrio de sua energia vital. Um organismo equilibrado consegue reagir, por si mesmo, às agressões do meio ambiente, sejam elas de qualquer origem.

Lacaze afirma, ainda, que os oligoelementos catalisam a formação de enzimas, hormônios e vitaminas, substâncias indispensáveis para o bom funcionamento de nossos sistemas digestivo, endócrino, circulatório, respiratório, nervoso e imunológico. Cada metal tem funções específicas e agem para produzir ou estimular a produção de determinadas substâncias.

“Só para citar um exemplo, o cobre age, especificamente, sobre uma enzima chamada tirosinase, que estimula a produção da melanina, substância responsável pela pigmentação da pele e dos cabelos”, afirma. A terapeuta diz que o método funciona mais como terapia preventiva ou, como é mais conhecida na Europa, como terapia das funções, pois “trata o doente e este reage à doença, desde que não haja nenhuma lesão já instalada.

Doenças graves, como as degenerativas precisam da ajuda da medicina tradicional”, alerta Lacaze. É muito utilizada para equilibrar organismos com problemas emocionais que acabam sendo somatizados, afetando a saúde da pessoa. Os resultados podem ser notados em poucos dias de tratamento, sem qualquer efeito colateral, uma vez que são utilizados elementos conhecidos e que apenas serão repostos no organismo.

Os oligoelementos são produtos importados da Europa, uma vez que, no Brasil, ainda não há uma tecnologia desenvolvida para sua produção.”A oligoterapia visa, em primeiro lugar, o equilíbrio energético e nunca a doença que é tratada pela medicina tradicional. Um organismo perde sua energia, quando seus metais estão em desequilíbrio. E energia é vida”, afirma Lacaze.


Principais modalidades de terapia holística

Acupuntura – consiste na inserção de agulhas em determinadas partes do corpo, onde acredita-se fluir a energia vital.

Aromaterapia – terapia que utiliza óleos essenciais, visando o equilíbrio do ser humano.

Arteterapia – sistema terapêutico que utiliza atividades e criações artísticas como canalização da energia do indivíduo.

Bionergética – modalidade que busca entender a personalidade humana partindo do binômio corpo-mente, considerando os processos energéticos, a respiração e o metabolismo.

Cromoterapia – consiste na aplicação das diferentes cores, visando causar efeitos emocionais e orgânicos.

Fitoterapia – sistema baseado na utilização de plantas e ervas medicinais.

Florais de Bach – utiliza a essência vital de flores para curar a mente e restabelecer o equilíbrio do organismo.

Hidroterapia – terapia que utiliza a água, com finalidade preventiva e curativa.

Iridologia – técnica de diagnose que consiste na observação da íris.

Massagem – manipulação metódica e terapêutica de partes musculares e das articulações.

Musicoterapia – aplicação da música e dos sons com a finalidade de relaxar e minimizar a tensão corporal.

Ortomolecular – restabelece o equilíbrio por meio de correções moleculares, pela utilização de antioxidantes.

Osteopatia – consiste no alinhamento ou no realinhamento dos ossos e músculos, visando o alívio da tensão corporal.

Trofoterapia – chamada de terapia nutricional ou alimentoterapia.

domingo, 14 de março de 2010

Equilibrar é preciso [39]


"As dificuldades são como as montanhas. Elas só se aplainam quando avançamos sobre elas."



Provérbio japonês

sexta-feira, 12 de março de 2010

Saúde e bem-estar


O ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL


Durante muitos anos, a palavra "saúde" foi utilizada para significar simplesmente uma ausência de doenças. Muitas pessoas sentiram que havia mais na saúde que simplesmente não estar doente.


O termo "bem-estar" passou a ser utilizado para indicar um tipo de saúde de alto nível, representando mais que a ausência de doença, e incluindo o bem-estar em todos os aspectos de sua vida, não apenas no físico. O conceito de bem-estar é baseado na noção de que as escolhas do estilo de vida que você faz ao longo dos anos têm um importante impacto no seu bem-estar mental, físico e espiritual.


Bem-estar significa assumir responsabilidade por sua saúde, prevenir acidentes e doenças e ter um seguro de saúde, quando necessário. O bem-estar encoraja a conscientização do consumidor e promove o estabelecimento de sistemas e ambientes sociais conducentes a um comportamento saudável. Embora a prevenção de doenças seja um importante objetivo do estilo de vida de bem-estar, a doença e a incapacidade não o impedem, já que bem-estar significa fazer o possível para maximizar seu potencial pessoal para um ótimo bem-estar e para construir uma vida significativa e recompensadora.

quinta-feira, 11 de março de 2010

Indicações e contra-indicações da massagem


INDICAÇÕES E CONTRA-INDICAÇÕES DA MASSAGEM AS APLICAÇÕES DA MASSAGEM
O uso da massagem é determinado pelas indicações e contra-indicações para o tratamento, particularmente quando é aplicada para um fim terapêutico específico. Como ocorre com outras terapias, contudo, as opiniões sobre a aplicação das técnicas podem diferir. As indicações e contra-indicações para a massagem discutidas neste site, portanto, são consideradas sob essa perspectiva e servem como uma regra geral, não como uma lista de regras rígidas e restritivas. Por outro lado, algumas medidas de precaução são inquestionáveis.


Para permitir que o terapeuta decida sobre a adequação da massagem, as seguintes questões devem ser abordadas:

A condição é aguda, subaguda ou crônica?
Qual é a finalidade da massagem – por exemplo, a melhora na circulação, o relaxamento ou remoção de toxinas?
Que regiões do corpo precisam ser trabalhadas? A massagem deve ser aplicada em determinada área ou deve ser sistêmica?
Que função orgânica ou sistema corporal a massagem influenciar?
Que técnicas de massagem podem ser aplicadas com segurança?

INDICAÇÕES PARA MASSAGEM

A massagem é uma indicação para condição patológica quando tende a apresentar benefícios ao tratamento. A massagem é invariavelmente administrada como um adjunto de outras abordagens, médicas ou complementares, e em alguns casos apenas é executada com a aprovação de um médico.Nesse estágio, é importante considerar a aplicação da massagem para diferentes tipos de condição:

Nos distúrbios constitucionais mais generalizados, o papel da massagem é estimular a eliminação de toxinas e resíduos – substâncias oriundas de infecções, inflamações, espasmos musculares e alterações similares.


A massagem atinge seus objetivos pela influência sobre a circulação, em particular a do retorno venoso e linfático. Benefícios adicionais ocorrem com o relaxamento dos músculos e, igualmente significativo, com o relaxamento do cliente. Um efeito indireto, mas relevante é a estimulação do sistema nervoso autônomo, que, por sua vez, melhora a produção de secreções glandulares e o funcionamento orgânico;
Todos os movimentos de massagem têm um efeito de normalização sobre as zonas reflexas, quer sejam áreas de dor referida direta, relacionada a uma disfunção orgânica, quer seja uma mudança tecidual indireta. Além disso, algumas técnicas de massagem (como a técnica neuromuscular) podem ser aplicadas a zonas específicas, relacionadas com determinado distúrbio ou órgão;

Nas condições mais específicas, como alterações patológicas, a massagem é aplicada para ajudar a aliviar alguns dos sintomas associados ao problema.

Diversos problemas encontram solução através da massoterapia, tais como: Calcificações articulares; contrações, espasmos, atonias e contorções musculares; luxações; edemas; debilidade sexual ou nervosa; distúrbios cardíacos, circulatórios, digestivos e intestinais; fadiga; obesidade; paralisia; reumatismo, gota, nevralgia e artrite; febres até 38º (ocasionadas por dengue ou resfriados); prisão de ventre; pré e pós cirúrgicos em estética; cicatrizes; gravidez normal; bebês; crianças; idosos e lesões em geral.

CONTRA-INDICAÇÕES PARA MASSAGEM

Embora, geralmente traga muitos benefícios, a massagem pode ser contra-indicada em alguns estados patológicos. A razão para uma abordagem cautelosa é eliminar a possibilidade de exacerbar a gravidade ou o número de complicações da patologia. Entretanto, na maioria dos casos em que há contra-indicações, a massagem deve ser evitada apenas nos tecidos ou regiões afetados.


As informações obtidas na anamnese são utilizadas para avaliar a adequação do tratamento por massagem. Além disso, cada região do corpo deve ser examinada para averiguação de qualquer sinal ou indício de possíveis contra-indicações, seja elas menores ou de natureza mais séria. Ainda que algumas condições sejam mais obviamente contra-indicadas que outras, é sempre aconselhável uma prévia discussão com o médico do cliente.


O importante é que o profissional da massagem tenha suficiente conhecimento sobre anatomia e patologia, a fim de tomar decisões lúcidas sobre a adequação do tratamento de massagem.

Nos casos de febres infecciosas; hemorragias; descalcificações graves (osteoporose severa); flebite, trombose; fraturas (antes de solidificadas); câncer; feridas abertas; queimaduras recentes; doenças mentais graves (o doente mental pode ter uma crise e atacar o terapeuta).

REAÇÕES AO TRATAMENTO

As reações da massagem e ao trabalho corporal variam de um cliente para outro. Enquanto uma pessoa apresenta uma resposta positiva em um curto período de tempo, outro cliente nas mesmas condições talvez necessite de um tratamento muito mais longo. A diferença é inevitável e deve ser encarada como natural. É válido lembrar que os clientes curam a si mesmos, ainda que com a orientação e ajuda do terapeuta. Existe disparidade, também, nos efeitos físicos imediatos ao tratamento. Apesar de, em geral, a massagem ser um conjunto agradável, algumas das manobras são mais agradáveis que outras.


As técnicas de massagem profunda, por exemplo, assemelham-se mais a uma “dor gostosa”, quando comparadas com sensação tranqüilizadora do deslizamento superficial. Às vezes, uma sensação residual de leve dor permanece após o tratamento, o que invariavelmente decorre da superestimulação dos nervos sensoriais. Entretanto, qualquer dor ou abrasão que persista ou demonstre alguma importância deve ser registrada, literal ou mentalmente, já que revela a necessidade de ajustes nos tratamentos subseqüentes ou de omissão completa da área.


Alguns clientes também relatam uma sensação de peso na cabeça ou a necessidade de assoar o nariz logo após o tratamento: ambos os sintomas são temporários e indicam que o corpo está eliminando toxinas. Não raro, a massagem no abdômen é seguida por defecação, e a massagem na linfa e nos rins, por micção: são, portanto, reações esperadas.

quarta-feira, 10 de março de 2010

Homeostase



HOMEOSTASE: O PODER DE CURAR
A habilidade do corpo em manter a homeostase dá-lhe um tremendo poder de cura e uma notável resistência ao abuso.
Mas, para a maioria das pessoas, boa saúde durante a vida não acontece por acaso. Dois fatores importantes para este equilíbrio denominado saúde são o meio ambiente e o próprio comportamento do indivíduo. Sua homeostase é afetada pelo ar que você respira, pela comida que você come e também pelos seus pensamentos.
A maneira que você vive pode ajudar ou interferir com a habilidade de seu corpo em manter a homeostase e recuperar-se dos inevitáveis estresses que a vida coloca em seu caminho. Consideremos o estresse imposto por um simples resfriado. Você está favorecendo seus processos naturais de cura quando você se cuida.
Bastante repouso e ingestão de líquidos permitem que o sistema imunológico realize seu trabalho. O resfriado faz seu curso e você logo estará de pé novamente.

Se, em vez de se cuidar, você continuar fumando dois maços de cigarro ao dia, não se alimentar adequadamente e passar diversas noites acordado estudando para um exame de anatomia e fisiologia, você interferirá com a habilidade do sistema imunológico em rejeitar microrganismos invasores e trazer o corpo de volta à homeostase e à boa saúde. Outras infecções tomarão vantagem de seu estado enfraquecido, e logo o resfriado terá se transformado em uma bronquite ou pneumonia.


HOMEOSTASE E PREVENÇÃO

Muitas doenças são o resultado de anos de comportamento pouco recomendáveis para sua saúde, que interferem na tendência natural de seu corpo de manter a homeostase.
Um exemplo óbvio é a doença relacionada ao fumo. O tabaco expõe o sensível tecido pulmonar a muitas substâncias químicas que causam câncer e que prejudicam a capacidade pulmonar de se recuperar.
Doenças como o enfisema e o câncer de pulmão são difíceis de tratar e muito raramente curados. Por isso, é muito mais sábio deixar de fumar (ou nunca começar), que esperar que seu médico o "conserte" quando você for diagnosticado com a doença. Isso não significa dizer que todas as doenças são resultado de maus hábitos.
Ainda não entendemos o que causa muitas doenças, e temos pouco ou nenhum controle sobre o seu desenvolvimento. E mesmo quando os hábitos do estilo de vida tenham contribuído para o desenvolvimento de uma doença, devemos reconhecer. que a mudança de hábitos é difícil e, desta forma, devemos evitar culpar a vítima quanto ao aparecimento de doenças.

terça-feira, 9 de março de 2010

Banho de bem estar



Água. Desde cedo é fácil habituar-se a ela. Está presente nas brincadeiras de infância, refresca o corpo em dias quentes ou, mais simples, sacia a sede. Aprende-se que a Terra, apesar do nome, está cheia mesmo deste elemento! E algo assim, tão abundante, muitas vezes utilizado de forma incorreta, pode oferecer benefícios à saúde mais do que se imagina.

Traduza a frase anterior como a crenoterapia, técnica que utiliza água mineromedicinais (com propriedades medicamentosas) como recurso terapêutico. Aliás, é recomendada por médicos de diversas especialidades, como ortopedistas, reumatologistas, psiquiatras, cardiologistas, fisioterapeutas e massoterapeutas para auxiliar no tratamento de diversas enfermidades.

“Há cerca de cinco décadas, médicos de várias partes do Brasil enviavam pacientes para se tratarem com águas minerais e banhos em estâncias hidrominerais”, conta o médico ortomolecular, clínico geral e especialista em Saúde Pública, Márcio Bontempo.

Antes de sair correndo para alguma estância hidromineral, saiba que é fundamental visitar um especialista. Isso porque cada água possui suas especificidades, como temperatura e composição química. “É necessário avaliar, primeiramente, as necessidades do paciente para depois indicar a estância mais adequada e como será o tratamento”, informa Nivaldo Parizotto, professor titular do Departamento de Fisioterapia da Universidade Federal de São Carlos (UfsCar) e responsável pela disciplina na qual estão inseridas a crenologia e hidroterapia.

Sagrado elemento!

De acordo a fisioterapeuta Teresa Cristina Alvisi, professora de Termalismo e Geriatria/Gerontologia da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Poços de Caldas, em Minas Gerais, é possível utilizar esse recurso natural de diversas maneiras. “Pode ser por balneação [imersão do corpo inteiro ou apenas uma parte], aplicação de duchas gerais ou parciais, ingestão, inalação ou irrigação interna”, comenta.

Assim como Parizotto, ela frisa que conhecer a constituição química da água de um local é de suma importância para poder recomendá-la a um paciente. “Em Poços, por exemplo, a água é sulfurosa, ou seja, é rica em enxofre, que é um reconstituidor do tecido conjuntivo, presente nos brônquios, nas articulações, na pele e no sistema vascular. Por isso, a maioria de suas indicações está na pneumologia, reumatologia e no controle de hipertensão”, descreve.

Já em Águas de Lindóia, estância hidromineral de São Paulo, há maior concentração de água bicarbornatada, que é antiácida e digestiva. “Pode ser indicada para pacientes com úlcera ou gastrite”, exemplifica Parizotto.

“Basicamente, qualquer enfermidade pode ser tratada ou amenizada com o uso de águas minerais”, completa Bontempo. E não são poucos os locais em que se pode desfrutar de todas essas vantagens. Fique sabendo que o Brasil é o país com maior quantidade de estâncias hidrominerais do mundo.

De acordo com Bontempo, o Circuito das Águas Sul Mineiro (que inclui São Lourenço, Caxambu e Lambari) é considerado o maior parque aqüífero do planeta. Só em Caxambu são 14 diferentes tipos de águas medicinais. Qualquer enfermidade pode ser tratada ou amenizada com o uso de águas minerais Fria ou quente.

Pense naquele banho quentinho, depois de um dia estressante. Ele não só relaxa como provoca uma moleeeza. Por outro lado, quando tomamos uma ducha gelada, o ritmo respiratório aumenta e fica mais ativo. Já que diferentes temperaturas provocam determinadas reações no organismo, a propriedade térmica da água é outro fator a ser analisado antes de mergulhar de cabeça na crenoterapia. Afinal, dependendo da enfermidade, há uma temperatura ideal para que os resultados sejam realmente satisfatórios.
Para indivíduos que sentem dores físicas, por exemplo, uma fonte de água quente é uma ótima pedida! Chamada de hipertermal (a temperatura fica acima de 40ºC), ajuda “na redução da dor, representando um alívio importante na vida dessas pessoas” afirma Parizotto. Há ainda as fontes mesotermais (a temperatura fica entre 30 e 40°C) e as hipotermais (entre 20 e 30°C). “Cada uma delas tem aplicações específicas e complexas, dependendo do caso”, lembra Bontempo.



Forte aliada!

A fisioterapeuta da PUC faz questão de ressaltar que o tratamento com águas deve ser encarado como um complemento. “O uso das águas mineromedicinais tem funcionado como coadjuvante nos tratamentos medicamentosos. É necessário sempre um acompanhamento clínico”, frisa. O especialista da UfsCar concorda. “É uma terapia cuja função é tornar ainda melhor o tratamento médico”.

Segundo Parizotto, a técnica também deve ser encarada como uma maneira de prevenção. “Se mandarmos uma pessoa por 15 dias para uma das cidades balneárias, além de aproveitar as águas, ela também vai passear, relaxar, ter uma alimentação saudável e se divertir. Essa associação é capaz de reduzir as chances de o indivíduo desenvolver uma patologia decorrente do estresse, que é a maior doença do século”. Esse conceito de “turismo-saúde” já é explorado, inclusive, na Europa. “Lá as empresas estimulam a ida dos funcionários às estâncias”, complementa Parizotto.

Já no Brasil, essa parece ser uma realidade ainda distante, apesar de, em 2006, a crenoterapia ter entrado para a lista de técnicas terapêuticas que instituem a medicina complementar e integrativa na rede pública de saúde. “É um avanço”, comemora Bontempo.

Tipos de fontes
Água é tudo igual? Não mergulhe nessa cilada Sulfurosa: enxofre é seu principal componente. É antirreumática, antialérgica, desintoxicante e antiinflamatória. Cloretada: sua composição é caracterizada, sobretudo, pela presença de cloreto. É expectorante e antiinflamatória. Bicabornatada: rica em bicabornato, é antiácida e digestiva. Ferruginosa: possui ferro, portanto, é antianêmica e reconstituinte. Cálcica: contém cálcio em maior quantidade. É antialérgica,
sedativa e antiinflamatória.


Confira algumas cidades brasileiras que possuem estâncias hidrominerais
Goiás: Caldas Novas e Rio Quente.
Minas Gerais: Poços de Caldas, Caxambu, Araxá, São Lourenço, Lambari, Cambuquira.
Santa Catarina: Gravatal, Chapecó e Santo Amaro da Imperatriz.
São Paulo: Águas de Lindóia, São Pedro, Serra Negra, Águas da Prata e Olímpia. Paraná: Sulina.

segunda-feira, 8 de março de 2010

A terapia do Anmá


A terapia do Anmá é uma das mais antigas e tradicionais massagens asiáticas. Ela é baseada nos princípios da medicina oriental e utilizando técnicas especiais de pressão, massagem, amassamento e alongamento estimula pontos chaves, e promove uma auto cura do corpo. Quando estes pontos são estimulados, aliviam a tensão muscular e estimulam a circulação do sangue e da energia. A técnica não utiliza óleos, podendo ser feita sobre a roupa do paciente.

Benefícios da técnica:

-diminuição da tensão e do estresse, relaxamento, normalização e equilíbrio das funções corpóreas, rejuvenescimento.

E ainda: ameniza dores de cabeça, gripe, asma, tontura, disfunção da pressão arterial, cólicas e irregularidades menstruais, falta de vitalidade sexual e insônia. É também indicada para pessoas idosas e pacientes com osteoporose.

domingo, 7 de março de 2010

Equilibrar é preciso [38]


As convicções são inimigas mais perigosas da verdade do que as mentiras

Friedrich Nietzsche

quinta-feira, 4 de março de 2010

Toque de alguém querido ajuda a aliviar a dor e reduzir o estresse



Psicólogos sempre estudaram os gemidos e olhares da comunicação não-verbal, os tons vocais e expressões faciais que carregam emoções. Um tom de voz ameno, uma encarada hostil – ambos possuem o mesmo significado em Terre Haute ou Timbuktu, e figuram entre os vários sinais que formam um vocabulário humano universal.
Nos últimos anos, entretanto, pesquisadores começaram a focar num tipo diferente de comunicação sem palavras, muitas vezes mais sutil: o contato físico. Toques breves, segundo eles – seja um vivaz cumprimento, uma mão apoiadora no ombro ou um toque apavorante no braço –, podem comunicar uma gama ainda mais ampla de emoções do que gestos e expressões, e algumas vezes o fazem com mais rapidez e precisão do que palavras.
“É a primeira linguagem que aprendemos”, afirmou Dacher Keltner, professor de psicologia da Universidade da Califórnia, em Berkeley, e autor de “Born to Be Good: The Science of a Meaningful Life” (Norton, 2009), e segue sendo, segundo ele, “nossos meios mais ricos de expressão emocional” através da vida.
As evidências de que tais mensagens podem levar a mudanças claras – e quase imediatas – em como as pessoas pensam e se comportam estão se acumulando com rapidez. Estudantes que receberam um toque de apoio nas costas ou braço, por um professor, demonstraram quase o dobro de chances de se voluntariar na sala do que os outros, estudos descobriram. Um tapinha simpático de um médico deixa as pessoas com a impressão de que a consulta durou o dobro do tempo, em comparação a estimativas de pessoas que não foram tocadas.


Uma pesquisa de Tiffany Field, do Instituto de Pesquisa do Toque, em Miami, descobriu que uma massagem de alguém amado pode não só suavizar a dor, mas também acalmar uma depressão e fortalecer um relacionamento.


Numa série de experimentos conduzidos por Matthew Hertenstein e psicólogos da Universidade DePauw, em Indiana, voluntários tentaram comunicar uma lista de emoções tocando um estranho vendado. Os participantes conseguiram comunicar oito emoções distintas, de gratidão e aversão a amor, alguns com quase 70% de exatidão.
“Costumávamos pensar que o toque só servia para intensificar as emoções comunicadas”, afirmou Hertenstein. Mas isso acabou sendo “um sistema de sinalização muito mais diferenciado do que havíamos imaginado”.
Desempenho
Para verificar se um rico vocabulário de toques apoiadores está realmente relacionado ao desempenho, cientistas de Berkeley recentemente analisaram interações em uma das arenas mais fisicamente expressivas da terra: o basquete profissional. Michael W. Kraus conduziu uma equipe de pesquisa que codificou cada trombo, abraço e cumprimento numa única partida jogada por cada equipe da Associação Nacional de Basquete dos EUA, no início da última temporada.
Num artigo que deve sair este ano no jornal Emotion, Kraus e seus coautores, Cassy Huang e Keltner, relatam que, com algumas exceções, os bons times tendem a se tocar mais do que os piores. As equipes mais ligadas pelo toque eram os Boston Celtics e os Los Angeles Lakers, atualmente dois dos melhores da liga; no fim da lista estavam os medíocres Sacramento Kings e Charlotte Bobcats.
O mesmo também era verdadeiro, de certa forma, para os jogadores. O jogador que mais tocava era Kevin Garnett, a grande estrela do Celtics, seguido por Chris Bosh, do Toronto Raptors, e Carlos Boozer do Utah Jazz. “Cerca de 600 milissegundos após realizar um lance livre, Garnett já havia tocado quatro outros jogadores”, afirmou Keltner.
Para corrigir para a possibilidade de que os melhores times se tocariam mais simplesmente por estarem ganhando, os pesquisadores avaliaram o desempenho com base não em pontos, ou vitórias, mas numa sofisticada medição da eficiência de cada equipe e jogador em administrar a bola – sua proporção de assistências para pontos, por exemplo. E, mesmo depois de serem consideradas as altas expectativas em torno dos times mais talentosos, a correlação persistiu. Jogadores que fizeram contato com colegas de equipe de forma mais consistente tendiam a ter melhores avaliações em seu desempenho, e as equipes desses jogadores pareciam aproveitar melhor esse talento.
O estudo falhou em demonstrar que o toque gerava um melhor desempenho, reconheceu Kraus. “Ainda temos de testar isso num ambiente controlado de laboratório”, explicou.
Menos estresse
Se um cumprimento pode realmente aprimorar o desempenho, na quadra ou no escritório, o motivo pode ser a redução de estresse. Um toque de afeição parece desencadear a liberação de oxitocina, um hormônio que ajuda a criar uma sensação de confiança e a reduzir os níveis do hormônio do estresse, cortisol.
No cérebro, as áreas pré-frontais, que ajudam a regular as emoções, podem relaxar, libertando-as para outra de suas finalidades primárias: solucionar problemas. Na verdade, o corpo interpreta um toque de apoio como “Eu vou compartilhar a carga”.
“Achamos que os humanos constroem relacionamentos precisamente por esta razão, para distribuir a solução de problemas entre cérebros”, disse James A. Coan, psicólogo da Universidade da Virginia. “Nós nos conectamos para literalmente compartilhar a carga de processamento, e este é o sinal que recebemos quando sentimos apoio através do toque”.
O mesmo é certamente verdade para parcerias, e especialmente para o tipo romântico, dizem psicólogos. Num recente experimento, pesquisadores liderados por Christopher Oveis, de Harvard, conduziram entrevistas de cinco minutos com 69 casais, estimulando cada um deles a discutir períodos difíceis em seus relacionamentos.
Os investigadores classificaram a frequência e duração dos toques em cada casal, que estavam sentados lado a lado. Numa entrevista, Oveis disse que os resultados eram preliminares.
“Até agora, porém, parece que os casais que se tocam mais estão relatando uma maior satisfação no relacionamento”, afirmou ele.
Novamente, não se sabe o que veio primeiro, o toque ou a satisfação. Em relacionamentos românticos, contudo, sabe-se que um sempre leva ao outro. Ou, pelo menos, assim sugerem as evidências informais.

© 2010 New York Times News Service
Por Benedict CareyThe New York Times

terça-feira, 2 de março de 2010

Massagem


A massagem é uma técnica bastante difundida mas ainda pouco usada pelas pessoas. Isto deve-se a várias razões:

Desconhecimento do que se pode obter com ela, sobretudo da sua importância para a saúde e para o bem estar quer físico quer psíquico.
Aplicação de técnicas de massagem que por vezes não são as mais indicadas para a situação em causa o que faz com que não se vejam os resultados que se gostariam.

Ela tem sido usada desde o começo da humanidade quer no Ocidente quer no Oriente por todos os povos para aliviar as dores e os desconfortos físicos e para proporcionar mais saúde e bem estar.

Ela tanto pode ser usada para recuperação de problemas físicos uma vez que ativa a circulação e drena os tecidos das substâncias que vão ficando acumuladas neles criando assim uma maior capacidade de recuperação do corpo ou da área afetada, como pode ser usada para relaxamento proporcionando bem estar e descontração da pessoa.

Usada para relaxamento ela permite reduzir tensões e stress que provocam dores, cansaço, noites mal dormidas, etc., reduzindo assim a capacidade de se enfrentar o dia a dia e as suas exigências.
A maneira como suprimimos os sentimentos e as emoções é contraíndo os músculos.
Estas tensões não sendo libertadas tornam-se crónicas, ficando os músculos em permanente tensão, criando rigidez no corpo e bloqueios à livre circulação dos fluidos corporais.

Isto faz com que se acumulem toxinas e resíduos celulares que acabarão por resultar em problemas corporais em maior ou menor grau ou por criarem um cansaço e mal estar para além do que seria desejável.
A massagem é uma parte importante para o bem estar físico e psíquico.
Ela ativa a circulação e ajuda a eliminar toxinas, reduz o desconforto físico, alivia as dores, induz uma sensação de bem estar assim como estimula o sistema imunológico.

Tudo isto traduz-se em rejuvenescimento, revitalização, noites mais bem dormidas, maior alegria e maior bem estar o que se revela benéfico a todos os níveis.

No mundo em que vivemos, os nossos corpos perderam o conhecimento de como é o relaxamento e assim muitas pessoas não estão conscientes de como o stress as afetam fisicamente nem do que a massagem pode fazer por elas.
Ela tem sido vista como um luxo mas na verdade ela é uma poderosa arma para nos livrarmos do stress e para recuperarmos a nossa saúde e o nosso bem estar.

segunda-feira, 1 de março de 2010

Toque


Os seres humanos precisam de tocar e de ser tocados. Estudos com humanos e com animais mostram que indivíduos que foram privados de contato físico na infância são inseguros, mais suscetíveis a doenças e pouco ajustados à sociedade.

A massagem é uma forma bastante sensível de contato humano em que o toque é o mediador, um sentido que tanto os animais como os humanos são bastante suscetíveis.

Tantra e a massagem


Tantra é um estado de consciência e percepção, que proporciona uma nova compreensão da vida e do viver que não é possível alcançar pelas vias do entendimento lógico e pela razão. O Caminho do Tantra é O Caminho do Coração. Através do Tantra alcançamos um sistema novo de comunicação e compreensão: A Suprema Compreensão."O sexo é a energia mais vital do homem e não deveria constituir um fim em si mesmo. O sexo deveria guiar o homem até sua alma. O objetivo é: desde a luxúria até a luz, do sexo à supraconsciência."


(Osho)ॐ Namaskar ॐ


É uma massagem terapêutica com toques leves e suaves pelo corpo todo com o auxílio de cremes e óleos. Por trabalhar o campo energético, irá liberar qualquer energia que estiver estagnada. Permite que a pessoa se liberte de memórias e tensões antigas; melhora a auto estima e processos depressivos e também proporciona relaxamento. A massagem é feita em uma sala reservada, com pouca luminosidade, música ambiente, incenso, velas e climatização.


Há 3 modalidades:

- Padrão, onde seu corpo será tocado e massageado igualmente sem se dar atenção a nenhuma parte específica.

- Lingam/Yoni Massagem, onde o foco é direcionado para a área da cintura para baixo. Esta modalidade é indicada a portadores de disfunção erétil. Sua aplicação não tem contra indicação a pessoas que não tenham qualquer tipo de problema nesse campo.

- Ritual Tântrico - Aqui são aplicadas a massagem tântrica padrão juntamente com a lingam/Yoni.

São massagens muito prazerosas onde o objetivo é fazê-lo experimentar novas sensações de prazer que irão partir de uma nova perspectiva. Dependendo do seu grau de entrega durante a sessão, seu corpo produzirá novas conexões neurológicas para aceitar estas novas sensações e percepções que antes desse processo não seriam aceitas. É um caminho de crescimento, aceitação e expansão da consciência. Venha sem expectativas e aberto a uma nova experiência que estará preparado. Permita-se!
Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails