domingo, 31 de maio de 2009

Equilibrar é preciso [8]

"A vida,como o amor, é uma busca pelo EQUILIBRIO,entre o que voce pode ter e o que voce tem nas maos."
Andrei Lucas

sábado, 30 de maio de 2009

Massagem sueca


A massagem ou a massoterapia sueca ou ocidental desenvolvida por Per Henrik Ling e seus discípulos Branting, Georgii e De Ron, foi baseada na sabedoria das antigas culturas, tanto do oriente como do ocidente. Eles criaram um sistema de massagem, aperfeiçoando os movimentos. E este sistema é usado até hoje. Eles acreditaram e provaram que a massagem não só tratava músculos tensos e melhorava o desempenho atlético, como também tratava problemas internos como o estômago, intestinos, pulmões, coração e ainda problemas psicológicos. Hoje em dia, a massagem ou a massoterapia sueca é um conceito de qualidade mundialmente conhecido e é a forma de tratamento alternativa mais usada no ocidente, também chamada massagem clássica ou massagem ocidental. Esta técnica de massagem consiste basicamente em 5 movimentos (longos, circulares, transversais, arrados e fricções) além de alongamentos e manipulações no sentido do fluxo sangüíneo, para melhorar a circulação. O tratamento usa óleos que ajudam a diminuir a fricção e deixam a pele mais macia.

Massagem e ocitocina
Kerstin Uvnäs Moberg, professora sueca de fisiologia com 25 anos de pesquisa em medicina hormonal, explica no livro Lugn och Beröring (“Relaxar e Tocar”) como a massagem sueca libera o hormônio relaxante ocitocina, que alivia a dor. Ocitocina é também chamado o hormônio do amor e é fundamental para o bem-estar. Estudos recentes mostram que este hormônio é um dos mais importantes do nosso corpo e é fundamental para combater os hormônios do estresse e as nossas reações de luta e de fuga. Ele baixa a pressão sangüínea, relaxa o corpo, aumenta a tolerância à dor e estimula o crescimento.



Os efeitos principais da massagem sueca são:
Músculos tensos e doloridos relaxam e ficam mais elásticos
O tecido conjuntivo fica mais flexível e age para não deixar criar cicatrizes nos músculos após uma lesão
Aumenta a circulação sangüínea e o transporte de oxigênio e nutrientes para os músculos
Alivia cãimbras
Aumenta a circulação linfática e melhora o sistema imunológico
Ajuda a tirar toxinas, principalmente o ácido láctico
Alivia inchaços
Melhora a respiração
Normaliza a pressão sangüínea
Melhora a capacidade de funcionamento e recuperação muscular
Tem um efeito relaxante na sistema nervoso
Diminui o estresse, melhora o sistema digestivo e proporciona um sono relaxado
Recupera rapidamente lesões por esforço repetitivo, como a tendinite
Ajuda pessoas com fibromialgia
Aumenta o conhecimento do corpo

Breve história da Massagem


No oriente a massagem faz parte do dia a dia e dos tratamentos médicos, sendo beneficiadas pessoas de todas as idades. Na cultura ocidental infelizmente, durante muito tempo a imagem foi distorcida ficando restrita aos esportes. De uns anos para cá, principalmente quando passamos a conviver com o estresse globalizado, as pessoas estão descobrindo o valor dos diversos segmentos das massagens: sueca, shiatsu, reflexologia e etc.

O ponto de partida da massagem é a empatia do terapeuta. Deve antes de tudo ser uma pessoa pronta a ajudar o cliente transferindo confiança e energia positiva assim como deveria ser todo profissional de saúde. A massagem não terá nenhum valor se o terapeuta não se colocar no lugar do cliente. Como eu gostaria de estar recebendo essa massagem agora?


A arte de curar através das mãos não é nova. No início do século V a.C. Hipócrates, considerado pai da Medicina, em suas escritas deixou claro que o médico precisa ter muitos conhecimentos, entre eles o da massagem. Hoje a Medicina moderna trabalha com especialistas em cardiologia, ortopedia e etc. Entretanto, só não dá, de sã consciência, para negar o valor da massagem como coadjuvante no tratamento médico aliviando as tensões.



Vários povos da antiguidade, sempre de uma forma ou de outra foram adeptos à massagem especialmente os romanos. Entretanto, durante a Idade Média, depois da queda do império romano, houve uma regressão das coisas do corpo, da própria educação física em função da ascensão do cristianismo onde o culto ao corpo era um verdadeiro pecado, também chamado por alguns autores de "Idade das Trevas".

texto deVinicius Maldini

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Sorrir massageia a alma [8]

"Davi" antes e depois de uma drenagem linfática


Antes


Depois

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Massagem e auto-massagem combate dor e alergias

Auto-massagem combata dores e alergias

Você já ouviu falar que, se apertar o pulso, pode diminuir a dor-de-cabeça ou que, estimulando um pontinho perto dos olhos, pode aliviar a rinite? Esses são alguns dos recursos empregados pela Medicina Chinesa para curar ou, ao menos, diminuir o desconforto causado por alguns males.
O Yin e o Yang
"Para os chineses, o corpo humano capta as energias dos mananciais da natureza, em especial do sol. Essa energia, quando o organismo está em equilíbrio, é distribuída de modo perfeito", explica o médico acupunturista Dr. Carlos Alberto Rey.

"Ela é canalizada por meio de canais invisíveis (chamados meridianos) e divide-se em duas correntes: o Yin e o Yang". Quando esses dois pólos entram em desarmonia, o fluxo vital fica comprometido e você adoece, de acordo com a sabedoria oriental.
De acordo com a Medicina Chinesa, é possível tratar todas as enfermidades a partir da sedação ou da tonificação dos meridianos 12 principais, além de outros adjacentes. Mas não existe uma associação direta entre o nome que os canais recebem e os órgãos pelos quais são responsáveis. De acordo com o médico, o chamado meridiano principal da Circulação, por exemplo, está ligado diretamente às funções sexuais, e não ao aparelho circulatório especificamente. Todos os canais têm um número de pontos determinados, distribuídos ao longo do seu trajeto no corpo.
Como fazer
O estímulo pode ser feito com uma agulha apropriada (no caso dos especialistas) ou com a pressão dos dedos técnica que você mesma pode experimentar, desde que saiba exatamente onde fica o meridiano. O próprio ponto deve ser apertado e, a seguir, massageado com movimentos de rotação feitos com um dos dedos.

"O círculo precisa ser bem reduzido, mantendo uma firme pressão o tempo todo", ensina o acupunturista. Massageie os pontos com movimentos circulares e no sentido horário para estimular. Se precisar aliviar um dor, adote o sentido anti-horário. "Não há tempo determinado para duração da massagem, pois ela não tem contra-indicação", diz o especialista.

Contra alguns males, existe mais de um ponto que pode ser trabalhado. Se for possível, pressione todos uma na seqüência do outro, na mesma intensidade e com a mesma duração. Para isso, use o dedo indicador ou o polegar. Dúvidas sobre a localização dos pontos? Geralmente você vai percebê-los quando sentir uma dorzinha mais forte onde apertar ela demonstra que há algo errado com o seu corpo.
Como controlar ou até solucionar os dez desconfortos mais comuns, entre todas as idades.

1. Obesidade
Antes, uma ressalva: sem uma dieta equilibrada e exercícios, você pode apertar o corpo inteiro que não vai ter estímulo que dê conta dos quilinhos a mais. Mas se a dupla já faz parte do seu dia-a-dia e, ainda assim, está difícil abaixar os ponteiros da balança, comece a estimular os três pontos a seguir:

Cintura: imagine dois pontos, um de cada lado da sua cintura, localizados a dois dedos acima do seu umbigo. Pressione ambos, um de cada vez.

Joelhos: na lateral de cada um deles, encontre um ponto quatro dedos abaixo do osso principal e pressione.

Coxas: na lateral interna, conte três dedos acima do osso do joelho e pressione.


2. Dores no peito
Cansaço ou má postura causam dores terríveis no peito às vezes, o excesso de peso nas aulas de musculação também traz umas dorzinhas. Para se livrar delas, estimule os dois pontos a seguir:

Mamilos: encontre as costelas logo abaixo de cada um deles e pressione a região localizada entre elas.

Pulsos: acompanhando a linha do dedo mínimo, encontre um ponto entre o punho e a mão. Pressione.

3. Ansiedade
Além de respirar fundo, quando bater aquele desespero aproveite para fazer uma auto-massagem em dois pontos:

Pulsos: acompanhando a linha do dedo mínimo, encontre um ponto entre o punho e a mão. Pressione. Faça o exercício nos dois lados.

Espaço entre o polegar o indicador: com a palma virada para baixo, espalme a mão. Você vai pressionar um ponto encontrado entre a base do polegar e do dedo indicador.

4. Distúrbios da menstruação
Cólicas e descontrole do fluxo podem ser amenizados com o estímulo de três pontos:

Tornozelos: conte quatro dedos acima daquele ossinho saliente, na parte interna da perna, e pressione, dos dois lados.

Joelhos: conte três dedos abaixo do osso que marca o joelho, do lado interno da perna e pressione.

Barriga: meça dois dedos na linha bem abaixo do umbigo e pressione.


5. Sinusite e Alergias
Desconfortos respiratórios são um dos problemas que mais abalam o fluxo de energia pelo corpo. Isso porque a chegada de oxigênio às células fica supercomprometida. Para evitar que eles se agravem e acabem dando origem a outros males, estimule os pontos abaixo:

Rosto:- logo abaixo do olho, pressione o ponto que marca o início da cavidade óssea. Faça dos dois lados ao mesmo tempo.

Olhos: pressione a raiz do nariz, no final da sobrancelha. Faça dos dois lados ao mesmo tempo.

Nariz: ao lado de cada cavidade, onde o nariz encontra-se com o resto do rosto, existe um ponto. Pressione dos dois lados ao mesmo tempo.

6. Dor-de-cabeça
Para afastar esses fantasma, faça massagens em dois pontos:

Punho: pressione o primeiro ossinho saliente, ali no fim do punho e início do polegar.

Espaço entre indicador e polegar: aperte a área localizada entre as bases do polegar e do dedo indicador.

7. Transpiração excessiva nas mãos
Suavizar este desconforto é possível a partir do estímulo de um único ponto:

Palma da mão: encontre o ponto que fica bem no centro da palma da sua mão e aperte.

8. Zumbido nos ouvidos
Nem mesmo o ruído que insiste em azucrinar sua paciência escapa à atenção dos médicos orientais. Para dar fim nele, os especialistas recomendam duas massagens:

Queixo: abra a boca e encontre uma depressão entre a articulação da mandíbula com o maxilar. Aperte esse ponto, dos dois lados. Você pode fazer ao mesmo tempo ou alternado.

Orelhas: na base delas, encontre a saliência da mandíbula e aperte.

9. Mal-estar ou impressão de desmaio
Se sentir que os olhos estão escurecendo e a tontura se aproxima, não hesite e comece a estimular os pontos abaixo:

Buço: pressione com firmeza a região central do buço (área localizada abaixo do nariz e acima do lábio superior)

Pé: na planta do pé, ache o ponto entre o segundo e o terceiro dedo (considerando o dedão como marca inicial)

10. Dificuldades urinárias
Se você apresenta muito inchaço porque tem dificuldade de eliminar líquidos, faça massagens freqüentes num ponto:

Dedo mínimo: encontre o ponto localizado na primeira junta dele, contando de baixo para cima. Pressione os dedos das duas mãos.

Fonte: Minha vida

Massagem Psicossomática


Massagem de Integração Psicossomática: O processo de Integração Psicossomática é um trabalho voltado para a unificação do indivíduo, integrando sua psique ao seu corpo, suas emoções à sua estrutura. É uma forma de atualizar a nossa história. Muitos acontecimentos que formaram ou transformaram nossa estrutura (algum trauma físico ou crise emocional), podem não nos ser mais úteis no momento atual, ao nosso processo pessoal, funcionando, então, como limitações para nosso corpo. Desorganizando estes padrões físicos, dissolvendo tensões, ganhamos flexibilidade, expansão interna e nova consciência física e emocional.

O pensamento formativo é um conhecimento ancorado na biologia sob o olhar evolutivo que entende o corpo como um projeto construído em camadas de tecidos: pele, músculos, profundidades, ossos, liquidez, pulsação, que afeta e é afetado por outros corpos. Compreende que o corpo já nasce com o projeto de “ser um adulto ” de “estar ereto” e resulta numa forma humana com modos pessoais de funcionar, existir, agir, vincular-se que são em grande parte, formas aprendidas, repetidas e imitadas no social.

Entender essa anatomia emocional dinâmica permite apropriar-se cada vez mais de si mesmo e interferir neste processo restaurando a pulsação e a melhor funcionalidade do corpo.

terça-feira, 26 de maio de 2009

Reiki




O reiki é um sistema natural de recuperar e manter a saúde, um método científico de redução de stress, equilíbrio e reposição energética. Reiki é uma palavra japonesa que significa "energia vital universal".
O reiki é um caminho de harmonização interior com o universo um dom que, uma vez recebido, não é perdido, acompanhará pelo resto da existência do ser humano, trabalhando o corpo, mente e espírito. O reiki é um sistema que activa e restaura as energias naturais, resgatando a saúde, funciona como instrumento de transformação de energias nocivas em benéficas, é um dom do macrocosmo doado ao microcosmo onde estamos; uma energia de paz e libertação.

"o reiki está sempre presente, é um bom confiável amigo, ao qual podemos recorrer a qualquer hora, se estivermos bem ou mal ele nos aceita como somos."


A beleza do reiki está na sua simplicidade o treino não é demorado não requer meses de estudo, nem mesmo uma vasta compreensão inteletual ,um analfabeto poderá ser um excelente reikiano a energia canalizada por uma pessoa com baixa escolaridade não difere em nada da energia canalizada por um profissional com diplomas de mestrado e doutoramento.
O reiki está ao alcance de todos, inclusive das crianças, todos podem ser um canal do reiki: não existe limite de idade.
Reiki é a democratização da saúde, o equilíbrio ao alcance de todos a simplicidade do método o torna acessível a qualquer pessoa, a qualquer estilo de vida.
É um método de uso imediato nenhum objeto ou equipamento é exigido para a aplicação. Só o toque das mãos do reikiano no seu próprio corpo ou no corpo de outra pessoa.
Ao contrário das terapias mais conhecidas, nas quais há a condicionante do contato físico, o reiki também pode ser aplicado à distância, com sucesso, num processo similar à emissão de ondas radiofónicas.
A energia reiki é multidimensional, ou seja, atua na quarta dimensão, onde o fator tempo/espaço deixa de ser um atributo fundamental.

Os benefícios
REIKI é uma antiga técnica de cura:

Traz alívio para a dor;
É energizante e revitalizante;
Ajuda no relaxamento, stress, criatividade e percepção de si mesmo;
Acelera a cura e ajuda a limpar o corpo das toxinas;
Fortalece a habilidade psíquica e espiritual;
Libera energia e emoções bloqueadas e alivia o sofrimento emocional;
Harmoniza com muita eficiência o sistema endocrino e nervoso.
Como o REIKI funciona a nível energético, quanto mais puro o organismo, física e energeticamente, mais produtivos serão os efeitos.

Por esse motivo, o REIKI interage tão bem com outras terapias naturais e até ser potencializam, dada a baixa ou nenhuma toxidade deixada por eles como resíduo no organismo, e deixando seus canais livres para um excelente fluxo de energia. Criando consequentemente um ambiente propício à expansão da saúde.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Equilibrar é preciso [7]


"Aceitar-se como ser humano cheio de limites e fraquezas é acima de tudo, sinal de equilibrio, paz consigo mesmo e felicidade".

Pe. Fábio de Mello

sábado, 23 de maio de 2009

Osteopatia

Um tratamento natural que, com técnicas manuais,corrige a limitação da mobilidade.

São aplicadas uma série de manobras e mobilizações em estruturas tendinomusculares, com vista à restauração da importância funcional articular dos orgãos e fascias musculares no geral permitem uma melhor qualidade de vida

Segundo Jean Pierre Barral:

” Nossa hipótese de trabalho é a seguinte: em situação fisiológica um órgão com boa saúde é móvel graças as serosas que o envolvem, as fáscias, os ligamentos e outros tecidos flexiveis e vivos que o relacionam com o resto do organismo: se desliza, se agita, vive, vibra, palpita, funciona em seu meio. Toda perda de mobilidade, fixação, aderência a outra estrutura tão ínfima como ela, condiciona a patologia do órgão a uma modificação de seus movimentos, que repedidos milhões de vezes levará a importantes trocas em sua imensa cadeia de contiguidade. Não poderiamos então melhorar devolvendo-lhe sua mobilidade através de manipulações?”

” O Osteopata é um mecânico, no sentido correto do termo, é um “micro-mecânico”.
História da Osteopatia: A Osteopatia é uma medicina recente criada nos Estados Unidos pelo médico americano Andrew Taylor Still. Still se tornou médico muito jovem. Sofria de fortes enxaquecas e náuseas, que aliviava quando apoiava sua nuca em uma corda estentida entre duas árvores. Se tornou cirurgião e trabalhou como tal na guerra de Secessão. É nesse período que ele se questiona sobre sua impotência para aliviar os feridos de guerra. Após a guerra resolveu estudar profundamente Anatomia e Fisiologia para entender melhor o funcionamento do corpo humano.

Em 1864, uma epidemia de Meningite matou vários de seus pacientes e três de seus filhos. Após isto, curou uma criança que apresentava Desinteria, que na época era incurável, só com as mãos. Foi a primeira vez que Still colocou em prática suas observações anteriores. Decidiu então estudar anatomia in vivo e não nos livros que ele já dominara. Após, determinou os quatro princípios fundamentais da Osteopatia, são eles:


- A estrutura determina a função – A estrutura é na verdade todos os tecidos corporais: Ossos, pele, fáscias, glândulas, vísceras, músculos, articulações, etc. Toda a estrutura é indivisível, ou seja, um todo. A função é o funcionamento da estrutura, ou seja, todos os tecidos corporais. A Patologia não pode se instalar se ”o todo” estiver harmônico. Então a desarmonia da estrutura facilita as patologias.

- A unidade do corpo - O corpo busca o equilíbrio em todos os momentos, chamamos de Homeostasia.

- A auto-Cura - Segundo Still, o corpo é capaz de se autocurar. O corpo tem em sí todos os meios necessários para evitar ou eliminar doenças, porém tem que estar em harmonia para funcionar corretamente. A Osteopatia coloca os tecidos em harmonia para que o próprio organismo possa se autocurar.

- A Regra da Artéria é absoluta – O sangue é o meio de transporte de todos os elementos de nosso corpo, assegurando uma imunidade natural. Sua perturbação afetará a uma deficiencia em determinadas regiões do corpo, como consequência o retorno venoso será mais lento, provocando acúmulo de toxinas e debilidade desta região.

Em 1917, aos 90 anos, Morre Andrew Taylor Still. Em 1892 já tinha criado a American School of Osteopaty, e principalmente, a “semente da Osteopatia” foi plantada e seus discípulos a disseminaram pelo mundo.

O que significa o termo Osteopatia?

Osteopatia etmologicamente origina-se do Grego Osteon (osso) e Phatos (efeitos vindo do interior). A Osteopatia é então um termo correto que significa a influência da doença, suas causas e seus tratamentos manuais, e, não como se pensa, uma patologia do osso.

Quais as bases da Osteopatia?

Ela está baseada na Anatomia, Fisiologia e na Semiologia. O tratamento se baseia num detalhado exame clínico, um aprofundado diagnóstico e um tratamento direcionado e suave sobre as estruturas em “disfunção”.
Quando procurar a Osteopatia?

Normalmente a consulta ao Osteopata é normalmente após quadro um álgico(dor), mas a prevenção vem sendo praticada pela Osteopatia com ótimos resultados.

Quais as indicações do Tratamento Osteopático?

Na verdade, são inúmeras as indicações do tratamento osteopático, exceto tumores e patologias neurológicas graves. As patologias mais frequentes que chegam ao profissional Osteopata são referentes a coluna vertebral, mas a atuação é muito mais ampla. Exemplos onde a Osteopatia tem ótimos resultados:

- Hérnias de disco e Protusões discais;

- Tendinites (no corpo inteiro);

-Todos os tipos de dores na coluna (Lombalgia, Ciática, Cérvicobraquialgia, Dorsalgia, Escoliose, hipercifose, hiperlordose, Coccigodíneas, etc);

- Entorses de repetição;

- Alterações Posturais;

- Pubialgia;

- Cefaléias e Enxaquecas;

- Refluxo gastro esofágico, Hérnia de hiato, Ptose, Constipação;

- Rinites;

- Zumbidos;

- Cólicas Menstruais, Prostatites, Cistites;

- Etc…

Como é o atendimento de Osteopatia?

Em todo o tratamento somente as mãos do osteopata são utilizadas,ou seja, não tem nenhum tipo de remédio. É o mais natural possível.

E os Resultados?

Os resultados costumam ser fantásticos e a aparecer logo no primeiro atendimento. Melhoram dia a dia, dependendo é claro, da patologia e dos parâmetros colhidos na avaliação.

Esta é a frase mestre da Osteopatia “Encontre a lesão, fixe-a e deixe o corpo curar-se” – Still.

Frederico Meirelles.



OBS: Trechos tirados do TRATADO DE OSTEOPATIA TEÓRICO E PRÁTICO – Françoais Ricard e Jean-Luc Sallé, 2002. Editora Robe.

Massagens em Portugal


Precisando de massagens em Portugal, vá ao lugar certo :

http://www.massagempro.com/

Massagem nos pés


Massagear os pontos certos pode garantir alívio e bem-estar. Identifique essas áreas e transforme a reflexologia em rotina.
Pense nos seus pés como a sua ligação direta com a terra. Os índios Cherokee, da América do Norte, têm uma frase que diz: "Seus pés caminham sobre a terra e seu espírito se une ao universo". Uma das primeiras coisas que as pessoas fazem ao chegar em casa é tirar os sapatos - e com esse gesto rotineiro se estabelece um contato direto com o chão. Basta imaginar o corpo como uma espécie de antena: é através da sola dos pés que as tensões são canalizadas e liberadas para dentro da terra. É disso que trata a reflexologia, antiga técnica chinesa de cura que ajuda a restaurar o fluxo de energia por meio de toques em pontos específicos dos pés.
A reflexologia não faz diagnósticos", "Mas pode detectar coisas que não funcionam bem no organismo. Quando se sente dor em alguns dos pontos tocados, é porque algo precisa ser trabalhado." Isso porque cada ponto corresponde a uma parte do corpo (veja abaixo). Pressionando o dedão, por exemplo, pode-se aliviar uma dor de cabeça, sinusite e até mesmo desentupir um nariz congestionado. Comprimindo o ponto relacionado com o estômago, pode-se soltar aquele nó que teima em aparecer cada vez que se fica tensa e nervosa.

Trinta minutos de reflexologia bem-feita são suficientes para melhorar a vida de qualquer um. Outra opção é a auto-massagem, fácil e simples, já que o movimento para todos os pontos é o mesmo. Com o dedo polegar, caminha-se por cima do ponto escolhido com uma ligeira pressão para baixo.
Você pode massagear um ponto específico ou todos eles para um alívio completo. Escolha um dos pés e comece pela lateral interna, que representa a coluna vertebral. Depois vá para o dedão e siga massageando cada dedo. Por fim, aperte os pontos da planta do pé, com ênfase nas áreas mais doloridas e ou naquelas que refletem órgãos que você já sabe que representam seus pontos mais frágeis. Faça o mesmo com o outro pé. Tanto o pé direito como o esquerdo tem os mesmos pontos. Depois de um certo tempo a distenção e o relaxamento se instalam pelo corpo todo.
Existem também no mercado vários dispositivos com design específico para a cura dos pés, como sandálias de borracha cuja palmilhas são feitas de bolinhas salientes, ou o pé duplo de milho ( uma espécie de madeira para se caminhar por cima), além dos ativadores de pés (quadrados feitos de madeira com o desenho dos pés e todos os pontos em relevo), nos quais se pisa fazendo pressão. Eles funcionam como pontos de pressão e seguem o mesmo princípio da reflexologia.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Anatomia do Sistema Linfático



O Sistema Linfático é formado por vasos e órgãos linfóides, onde circula a linfa, sendo basicamente um sistema de drenagem, ou seja, um sistema auxiliar do sistema venoso. Nem todas as moléculas, do líquido tecidual, passam para os capilares sangüíneos, como é o caso das moléculas de grande tamanho, que são recolhidas em capilares especiais, os capilares linfáticos, de onde a linfa segue para os vasos linfáticos, e destes para os troncos linfáticos, mais volumosos, que por sua vez lançam a linfa em veias de médio e grande calibre.

Esse sistema pode tranportar proteínas e material de grandes partículas, para fora dos espaços teciduais, onde nenhum dos quais, podem ser removidos por absorção direta dos capilares sangüíneos. Essa remoção das proteínas dos espaços intersticiais é uma função essencial, sem a qual morreríamos num espaço de 24 horas.
Os capilares linfáticos são mais calibrosos e mais irregulares que os sangüíneos, com estrutura semelhante à das grandes veias, sendo formadas por três túnicas: Íntima, média e adventícia.

As estruturas do Sistema Linfático são: Baço, Timo, Tonsilas, Coletores Linfáticos Principais (Ducto Torácico, Ducto Linfático direito e Linfonodos ou Gânglios linfáticos.

Ações da Drenagem Linfática Manual

A Drenagem Linfática Manual tem influência direta sobre:
- A velocidade da linfa transportada;
- A quantidade de linfa processada dentro dos vasos linfáticos;
- No aumento da capacidade dos capilares linfáticos;
- Na motricidade intestinal e no aparelho gênito-urinário;
- Na musculatura esquelética;
- Na musculatura lisa das arteríolas, metarteríolas e vasos linfáticos.
Indiretamente, a Drenagem Linfática Manual, atua sobre:
- Nutrição celular;
- Oxigenação tecidual;
- Desintoxicação do tecido intersticial e da musculatura esquelética;
- Absorção dos nutrientes do trato digestivo;
- Aumento da quantidade de líquidos excretados;
- Distribuição hormonal.
Indicações:
- Edemas e linfedemas que não tenham causas infecciosas e/ou inflamatórias;
- Pré e pós-operatório de cirurgia plástica;
- Cicatrizes e quelóides;
- Envelhecimento da pele;
- Queimadiras e enxertos;
- Fibro edema gelóide (celulite);
- Gestantes que não tenham complicações (aconselhável à partir do terceiro mês de gestação);
- Acne branda;
- Entre outras...
Contra-indicações:
- Gravidêz de risco e/ou nos três primeiros meses de gestação;
- Hipertensos e/ou diabéticos descompensados (com os níveis em descontrole);
- Hipotensão arterial (caso a pressão esteja baixa no momento do atendimento);
- Processos infecciosos e/ou inflamatórios;
- Trombose venosa superficial ou profunda;
- Varicosidades graves;
- Distúrbios cutâneos;
- Entre outras...

A Drenagem Linfática Manual é, comprovadamente, uma terapia que tráz resultados positivos a curto, médio e longo prazos, desde que, sejam respeitados todas as indicações e contra-indicações. O paciente deve procurar sempre profissionais com comprovada qualificação e preparação para conduzir o tratamento terapêutico ou estético, pois o que é um santo remédio para um pode ser um veneno mortal para outro, e somente um profissional competente estará capacitado para tal avaliação.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Massagem animal

Adicionar vídeo
video

terça-feira, 19 de maio de 2009

Massagem intestinal


Desânimo, Cansaço, Estresse... Pode ser de Origem Intestinal

Nestes casos é muito importante realizar uma limpeza intestinal, com reposição da flora e uma reeducação alimentar com uma dieta antioxidante e exercícios físicos. A Colonterapia é uma boa maneira de realizar este processo.

Colonterapia

É um tratamento moderno que desintoxica e reabilita a função evacuatória. O processo de limpeza intestinal remove resíduos de fezes do intestino grosso (cólon), que podem ficar acumulados por muitos anos. A colonterapia estimula os movimentos peristálticos, ajudando a regularizar sua função de eliminação, dando assim ao organismo, condições de se prevenir contra uma série de enfermidades, e principalmente o câncer de intestino.

A irrigação do cólon é realizada com água corrente, filtrada e ozonizada, associada à tecnologia avançada por meio de um aparelho que controla temperatura e pressão. Os resíduos são então eliminados de forma higiênica, inodora e indolor.
Acompanhado de uma dieta alimentar, uso de fitoterápicos, e a reposição da flora intestinal com lactobacilos, você vai se sentir mais leve e equilibrado.

Após as sessões é necessario uma reeducação alimentar, pois consta de uma verdadeira conscientização para uma nova proposta de vida.

Algumas dicas são importantes:

Reclamar da vida só causa estresse, veja o lado positivo em tudo;

Alimente-se em pequenas quantidades a cada três horas, diminuindo açúcar, frituras, carne vermelha, massa e pão;

Cheire a comida e mastigue o mais devagar possível;

Evite ficar nervoso. Em situações de estresse, experimente bocejar e espreguiçar;

Aproveite o trânsito para escutar alguma música de que goste;

Dedique pelo menos quinze minutos do dia à meditação. Escolha um local silencioso, sente-se numa posição confortável e esqueça da vida.


Fonte: Tiago Almeida e Solange, autores do livro “Colonterapia: Reeducação Alimentar, Desintoxicação, Rejuvenescimento” (editora Gran Sol).

domingo, 17 de maio de 2009

Talassoterapia


O termo Talassoterapia é relativamente recente e refere-se à “aplicação, com fins terapêuticos, das virtudes curativas, combinadas ou não dos elementos marinhos”. Thalassa, do grego, significa mar e therapia significa tratamento.
A talassoterapia é utilizada em diversas modalidades, externa e internamente.

Os princípios:

A talassoterapia possui alguns princípios comuns à Hidroterapia, principalmente no que diz respeito às propriedades Físicas da água (densidade, flutuabilidade, pressão hidrostática, refração e temperatura).

A água marinha tem ainda componentes químicos que a diferencia da água “doce”. O que faz com que a água marinha seja salgada não é somente o cloreto de sódio (sal) mas também diversos outros sais minerais. Seus benefícios terapêuticos resultam dos elementos constituintes que se encontram em maior concentração e que são absorvidos pela pele.
O ambiente marinho é também rico em recursos terapêuticos. A brisa marinha é rica em ozônio e tem a umidade elevada, fazendo com que o clima marinho seja estimulante e tonificante.



A luminosidade intensa (helioterapia) é também um aspecto que contribui positivamente. A helioterapia é uma das possibilidades dentro da Talassoterapia, mas devem-se observar os devidos cuidados para a exposição ao sol.
A areia marinha é impregnada pelos elementos químicos da água do mar, das algas e da brisa marinha e pode ser aplicada diretamente sobre a pele ou pode ser indicado ao interagir com
caminhadas na areia.

A lama do mar que tem propriedades medicinais possui uma camada formada por minerais orgânicos decompostos e pode ser utilizada em banhos, massagens e compressas. Deve-se observar a procedência da lama marinha - que deve ser de um ambiente totalmente despoluído.
As algas também são amplamente utilizadas. Podem ser indicadas nas dietas ou aplicadas sobre a pele, que assimila facilmente as substâncias. A aplicação de algas marinhas, via de regra, aumenta a hidratação da pele.
São ricas em oligoelementos e em íons, o que as torna úteis em diversos tratamentos no qual se objetiva o aumento do metabolismo. Possuem, de forma geral, propriedades antiinflamatórias, bactericidas, laxativas e desintoxicantes.

Algumas Práticas associáveis:
- Massoterapia
- Cromoterapia
- Trofoterapia
- Florais


Referências:
GESSER, Mille Anny A. C. Apostila de Talassoterapia e Crenoterapia: as potencialidades da Natureza. 2003

Equilibrar é preciso [6]

"Ousar é perder o equilíbrio momentaneamente. Não ousar é perder-se."
Soren Kierkegaard

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Hidromassagem


Hidromassagem é uma forma terapêutica de utilização da água, que baseia os seus benefícios na ação dinâmica e térmica que a água, sob pressão ou em movimento, exerce sobre a pele e os tecidos.

Efeitos diretos da Hidromassagem

Durante uma sessão de hidromassagem, a temperatura e a pressão da água incidem de forma variável sobre o corpo.

Ambas, temperatura e energia dinâmica da água, produzem efeitos determinados sobre a pele, tecidos e articulações que se podem resumir basicamente a um aumento da circulação sanguínea superficial, com maior oxigenação da pele, relaxamento muscular e diminuição do tecido adiposo subcutâneo.

Estas circunstâncias, associadas à diminuição da força da gravidade sobre os músculos, fato que facilita os movimentos e contrações de forma homogênea, vem incentivando a fisioterapia a utilizar a água como meio terapêutico de êxito para o tratamento e reabilitação de lesões musculares e articulares.

A isto acrescenta-se o importante relaxamento físico e psíquico que proporciona uma sessão de hidromassagem, devido à grande sensação de bem estar posterior que produz.
Muitas autoridades médicas apontam o uso da hidromassagem como uma forma de medicina preventiva. Uma maneira de evitar uma série de males, aumentando sensivelmente a circulação sanguínea e ativando veias e artérias.

As hidromassagens oferecem um tratamento livre de drogas para a redução do stress.
Trata-se notoriamente de um relaxante muscular, encorajador da socialização e ajuda no tratamento da ansiedade.

Hidromassagens são ideais para exercitar técnicas de relaxamento e meditação.

Reestabelecem músculos cansados após fortes exigências como jogging ou tênis.

Medições de temperatura na superfície da pele humana ajudaram a ilustrar as qualidades da água quente como relaxante. A pele na temperatura de 30 graus centígrados até 31 indica stress, de 34 a 35 graus indica relaxamento profundo.
Uma imersão quente reduz a tensão, que é um fator contribuinte para a alta pressão sanguínea, doenças do coração, úlceras e outras doenças relacionadas com o stress.

Hidromassagens são benéficas para algumas pessoas que sofrem de artrite, bursite e outros problemas ósseos e musculares.

Massagem na cabeça

A massagem capilar estimula o couro cabeludo, revitaliza os fios, relaxa toda a região da cabeça e melhora a circulação sangüínea, facilitando o transporte de nutrientes e oxigênio para o folículo piloso. Seus efeitos sobre o hipotálamo aumentam a produção da endorfina e reduzem no sangue o cortisol – hormônio do estresse.

Além de ajudar a combater o estresse e o cansaço, a massagem do couro cabeludo alivia tensões, regulariza o sono e as funções intestinais.

Para efeitos terapêuticos, os óleos essenciais são os mais indicados, porque têm ação anti-séptica e cicatrizante. É importante não lavar a cabeça após o procedimento, para que o produto seja bem absorvido pelo couro cabeludo.

Como fazer a massagem

Com a ponta dos dedos, fazer movimentos circulares de frente para trás. A massagem deve começar na parte frontal da cabeça e nas têmporas, continuar na nuca e terminar no alto do crânio. Os movimentos são de deslizamento, amassamento e fricção por todo o couro cabeludo, inclusive na nuca e no trapézio. Melhor ainda se a cabeça estiver levemente inclinada, favorecendo o afluxo de sangue para a região.


A Massagem Capilar se divide em duas partes:

1 - A drenagem linfática
Todas as células do corpo são banhadas pela Linfa, um líquido leitoso cuja função é remover as toxinas e bactérias dos tecidos. Ela é composta de 96% de água e representa 15% do peso corporal, sendo a sua função reabsorver e devolver para a corrente sanguínea as proteínas plasmáticas que constantemente abandonam os capilares sanguíneos.

A Linfa trafega por uma rede de pequenos canais (os Ductos Linfáticos) que se interligam uns aos outros até atingirem o sistema venoso.

A drenagem linfática do couro cabeludo estimula o escoamento da Linfa para os Linfonodos, oportunizando para o local um plasma sanguíneo renovado, carregado de nutrientes essenciais.

A Linfa é vertida na corrente sanguínea nas junções das Veias Jugular e Subclávia nos dois lados do pescoço.

O compasso da Drenagem deve ser pressionar / relaxar.

2 - A massagem
Os movimentos da massagem são de deslizamento, amassamento e fricção por todo o couro cabeludo, inclusive na nuca e no trapézio.

A massagem começa na parte frontal da cabeça e nas têmporas, continua na nuca e termina no alto do crânio.

A massagem favorece o contato dos óleos essenciais com a superfície do couro cabeludo, incorporando-os à camada córnea, favorecendo assim suas absorções.

Sessões regulares de drenagem linfática e massagem capilar contribuem para ativar o metabolismo do couro cabeludo, revitalizando os folículos pilosos.

Lembre-se sempre das contra-indicações formais que são as áreas inflamadas, machucadas ou que apresentem problemas no sistema linfático.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Massagem nas mãos


Com nossos braços e mãos, exprimimos nossas emoções mais intensas, demonstramos amor ao abraçar, dar, proteger ou afagar; ódio ou raiva por meio de golpes, socos, punhos agitados. Assim, a massagem das mãos e dos braços é uma experiência maravilhosamente liberadora e relaxante, sobretudo para os que tendem a conter seus sentimentos.

A massagem da mão é especialmente relaxante,não só porque suas mãos estão tão acostumadas a ser tocadas, mas tambem , como os pés, as mãos possuem ligaçoes com todo o corpo.

Passo-a-passo da massagem nas mãos.

Massagem na palma e no polegar
Use seu polegar para massagear a área "carnuda" da palma de seu companheiro e a base do seu polegar. Em seguida, vá massageando em movimentos circulares a área que vai do polegar até o dedo indicador.


Manipulação dos dedos
Com o seu polegar e indicador, vá fazendo movimentos circulares a partir da base do base dos dedos até a extremidade, puxando-o lentamente. Quando atingir a extremidade do dedo, faça o mesmo movimento circular, só que agora empurrando-o em direção a base
(palma da mão). Repita estes movimentos para cada um dos outros dedos.

Massageando a palma da mão
Feche sua mão e pressione-a sob a palma da mão de seu parceiro. Faça movimentos deslizando sua mão fechada a partir dos dedos em direção ao punho. Repita estes movimentos, cobrindo toda a área da palma da mão.

Entrelaçando os dedos
Entrelaçe seus dedos com os dedos de seu parceiro, observando que ambas as palmas das mãos devem estar voltadas para cima. Faça pressão com sua mão na direção das costas das mãos de seu parceiro, forçando os dedos para cima. Relaxe e faça estes movimentos mais 3 vezes.


Entre os tendões
Começando a partir do punho e terminando nos dedos, deslize a base do seu polegar sob os sulcos que separam cada tendão.



Costas da mão
Com suas duas mãos, segure a mão do seu parceiro por cima e por baixo, use seus dois polegares em movimento circular cobrindo toda a parte de cima da mão, incluindo o pulso. Faça a massagem de maneira firma e agradável sem colocar muita pressão nos dedos.

Rotacionando o punho
Com uma das mãos segure o punho de seu parceiro usando seu polegar e indicador, e com a outra mão um pouco mais acima do punho, segure o ante-braço. Com a mão que segura o punho, faça leves movimentos de rotação no sentido horário e anti-horário em torno do punho.


Acariciando o punho
Deslize a parte chata das unhas lentamente a partir do punho até o final do ante-braço depois fazer mesmo movimentos na volta do final do ante-braço até o punho.


Terminando
Coloque a palma da mão do seu parceiro entre a suas duas mãos. Respire profundamente e imagine que suas mãos estão enviando energia para seu parceiro.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Sauna e seus benefícios


A Sauna é uma tradição cultural e social dos países de clima frio, mais especificamente dos países europeus, em especial da Finlândia.

As Saunas têm um papel importante na saúde geral da nossa pele pois o calor faz com que os nossos poros eliminem toxinas e fiquem desosbstruidos, além de permitir uma melhor transpiração e limpeza da pele.

O repouso é o ponto alto das saunas pois quase todas têm um massagista de plantão, além do médico.

Os benefícios físicos do banho de sauna têm sido objeto de muitos estudos médicos, segundo os quais o intenso calor provoca uma "febre artificial", importante no processo de reabilitação em casos de atrofias musculares, desbacterização e assepsia. A aceleração do pulso produz um fluxo sangüíneo desde os órgãos internos até a pele, exercitando e fortalecendo as glândulas, os vasos capilares e os nervos.

A sauna desintoxica o organismo, livrando o sangue, a pele e o cérebro dos sais minerais, gorduras e toxinas indesejadas. Essas toxinas são eliminadas através das fezes, da urina e do suor, cuja produção é estimulada pelo banho de sauna. Também ajuda a descarregar a eletricidade do corpo e relaxa os músculos e o sistema nervoso, reduzindo dores musculares e calorias em excesso com um mínimo de esforço físico. No ambiente de sauna a temperatura corporal irá aumentar, a pulsação cardíaca será acelerada até alcançar aprox. 90 batimentos por minuto e teremos uma supercirculação nos vasos sanguíneos do cérebro, do coração e da pele, promovendo a transpiração e estimulando as glândulas endócrinas do corpo, como a tireóide, o pâncreas, as supra-renais, as glândulas sexuais e o fígado.



O banho de sauna pode ser considerado uma das razões da longevidade dos europeus, que o praticam rotineiramente e com disciplina. É uma decisão de bom senso que traz mais saúde e jovialidade. Não há limite de idade para o banho de sauna; crianças, adultos e mesmo pessoas idosas podem desfrutar dessa hidroterapia. Recomenda-se apenas que pessoas com problemas cardíacos ou de pressão arterial consultem antes o seu médico para verificar a existência de eventuais restrições pessoais.

A sauna, mais do que um simples banho, é também um hábito de higiene profunda que promove um melhor equilíbrio entre o corpo e a mente. Quem toma uma sauna quer refrescar o corpo e também o espírito através do relaxamento, obtendo assim uma profunda limpeza tanto corporal quanto espiritual.

Quem pratica a sauna regularmente sabe de que forma ela atua em nossas emoções, aliviando a ansiedade e a angústia. Quando cuidamos de nós a nossa auto-estima aumenta, o que colabora com a eliminação desses estados de ânimo tão prejudiciais à nossa saúde integral!

Veja alguns dos benefícios que o saudável hábito do banho de sauna poderá proporcionar a você:

Fortalece a circulação sanguínea
Alivia dores reumáticas e de coluna
Combate o estresse e a hipertensão
Hidrata a pele e desobstrui os poros
Relaxa a musculatura e facilita o sono
Ajuda a prevenir a celulite e a flacidez
Limpa e desobstrui as vias respiratórias
Proporciona agradável sensação de bem-estar
Desintoxica e expulsa as impurezas do organismo
Combate doenças do sistema respiratório (bronquite,
gripe, resfriado, sinusite, etc.)
Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails