sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Nada melhor do que a massagem para combater o estresse, as tensões e todos os efeitos colaterais da vida moderna


Estudos mostram que benefícios podem ir muito além do relaxamento muscular

Nos agitados dias de tensão, estresse, competitividade e todo um rol de fatores negativos que afetam a qualidade de vida moderna, uma prática muito antiga, milenar, pode ajudar a aliviar as dores do corpo, e, porquê não, da mente. É a massagem. Na verdade, são as massagens. Isso mesmo. São diversas as opções disponíveis para aliviar sua tensão muscular. Das mais tradicionais, que utilizam apenas as mãos, até as mais modernas, com laser.

 As massagens são indicadas para todos os tipos de pessoas e idade, As sessões podem durar de 40 minutos a 1 hora e podem ser feitas todos os dias.

A massagem envolve diretamente a musculatura, combatendo a tensão muscular provocada por fatores físicos, psicológicos e sociais. Esses problemas são resultados de problemas típicos do mundo moderno, como estresse e exercícios repetitivos.

Durante as sessões, os profissionais desmancham os chamados trigger points (pontos de tensão muscular), responsável pelas dores sentidas pelo paciente. "A massagem vai servir para desmanchar esses pontinhos, ainda oxigenar a pele e melhorar a circulação sanguínea".


Entre os principais tipos de massagens, estão a relaxante, mais tradicional; a linfática, que combate a retenção de líquido; bambuterapia, o shiatsu; com pedras quentes e facial. Apesar de o alvo da massagem ser o relaxamento muscular, um estudo publicado pelo “The Journal of Alternative and Complementary Medicine”, patrocinado pelo Centro Nacional de Medicina Complementar e Alternativa, uma divisão do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, mostrou que uma única sessão de massagem foi capaz de causar alterações biológicas em quem a recebia.

Conforme o portal Ig, pesquisadores do Centro Médico Cedars-Sinai, em Los Angeles (EUA), recrutaram 53 adultos saudáveis e aleatoriamente submeteram 29 deles a uma sessão de 45 minutos de intensa massagem sueca, e os outros 24 a uma sessão de massagem leve.

Os voluntários que foram submetidos à massagem sueca experimentaram reduções significativas nos níveis do hormônio do stress cortisol no sangue e saliva, e no nível de um outro hormônio que pode causar elevações de cortisol. Eles também tiveram aumento no número de linfócitos, os glóbulos brancos do sangue que fazem parte do sistema imunológico – responsável pelas defesas do corpo.

Os voluntários da massagem leve experimentaram elevações da oxitocina, um hormônio associado ao contentamento e à confiança, maiores que no grupo da massagem sueca, e reduções mais acentuadas de um hormônio que estimula as glândulas adrenais a liberar o cortisol.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails