quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Biossíntese - Corrrentes da vida

Esta é uma Terapia Corporal assim designada pelo psicoterapeuta inglês David Boadella. No livro 'Correntes da Vida', uma Introdução à Biossíntese, ele apresenta a compreensão da embriologia como a base da sua abordagem terapêutica. Ele afirma, no capítulo 3, "um completo entendimento do desenvolvimento no útero e da transição para a vida fora dele nos dá um background essencial para compreender não só os conflitos neuróticos, como também a história mais primitiva do corpo e seu plano organizacional." Ele então relaciona as três camadas celulares do feto (endoderma, mesoderma e ectoderma) com três fluxos de afeto associado e com a natureza dos desequilíbrios emocionais. Criou um método que integra três métodos terapêuticos primários (Grounding, Centring e Facing) que relaciona com cada uma destas camadas.

Dentro das propostas em Psicologia Somática que surgiram depois de Wilhelm Reich esta foi uma visão bastante revolucionária na época.

David Boadella faz referência à teoria do psicoperistaltismo de Gerda Boyesen na fundamentação do seu método em Psicologia Biodinâmica quando apresenta um breve descrição destas três camadas embriológicas e deixa abertura para a possibilidade de que, o que este trabalho terapêutico em biossíntese faz no nível físico, pode também ser feito no nível subtil por 'curandeiros' (esta é a expressão usada na tradução brasileira do livro) que trabalhem ao nível do campo energético.

A leitura deste livro é também uma oportunidade para viajarmos na formação do ser, num aprendizado constante, claro e profundo, não deixando de perder o rigor científico. A viagem é tão profunda e completa (ao menos para mim o foi) que se nos entregarmos a essa onda pode ter um efeito transformador e abrir possibilidades para reflectirmos sobre nós próprios e nossa história individual. Daqui pode também vir uma maior compreensão da forma como nos colocamos no mundo e também dos nossos padrões repetidos ou desequilíbrios bem como possibilidades para uma consciência nova dos mesmos. Isto é sempre também uma ponte no relacionamento com o outro, naturalmente. A luz da consciência pode ser transformadora e apaziguadora e ao menos certamente muitas vezes revela uma forma mais suave de sombras que outrora poderiam ser monstros horríveis para nós...quando os olhávamos no escuro!



Recomendo esta leitura

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails