quinta-feira, 10 de novembro de 2016

O que é Massagem?



Massagem é a manipulação dos tecidos moles do corpo com técnicas específicas que promovem ou restauram a saúde. Os Massoterapeutas usam as mãos para detectar e tratar problemas dos músculos, fáscia, ligamentos e tendões do corpo humano.

            Tecido mole é um termo utilizado na massoterapia que compreende os tecidos conjuntivos e os seguintes elementos da estrutura miofascial: pele, fáscia, músculos, tendões e ligamentos. Todos estes, somados, proporcionam a matriz de sustentação exigida para o funcionamento corporal adequado.
            O que é Massoterapia?
            A Massoterapia é a arte mais antiga de tratamento por meio das mãos, sendo um método não invasivo e totalmente natural. A palavra Massoterapia é formada por um radical latino (Masso) que significa amassar/pressionar. Já o termo terapia vem do grego therapia, que significa tratamento. Massoterapia, portanto, é o tratamento realizado por meio da massagem.
           Breve Histórico
            A massagem sempre foi um dos recursos naturais e instintivos de aliviar o desconforto e a dor. Apesar de possuir raízes em diversas partes do mundo, seu crescimento se deu sobretudo na Ásia e na Europa. No mundo ocidental, a prática da massoterapia caiu em desuso desde o declínio de Roma até o século XVIII, quando o Iluminismo (Era da Razão) renovou o interesse na exploração das fronteiras do    conhecimento médico. No início do século XIX, Per Henrik Ling (1813) desenvolveu um sistema de massagem e exercícios médicos que foi disseminado por seus seguidores em todo o mundo ocidental nos anos seguintes. Esse sistema influenciou profundamente o nascimento e o avanço da fisioterapia, e os elementos da massagem tornaram-se o que é conhecido hoje como massagem sueca.
            Formação e limites de atuação.
            No Brasil a profissão possui reconhecimento em nível técnico pelo MEC, com carga horária de, no mínimo, 1.200 horas. Nos EUA a massagem tem formação superior em alguns estados, com diplomas em bacharelado e licenciatura, com duração de 3 a 4 anos. Na Europa a massoterapia também possui licenciatura e credenciamento com formação de nível superior, somando uma carga horária total de 4.200 horas.
            Indicações Gerais.
            A Massoterapia é indicada para os seguintes casos:
  • Dores nos ombros.
  • Amplitude de movimento limitada.
  • Lesões subagudas.
  • Má postura, desvios posturais.
  • Cefaléias tensionais; dores de cabeça; tensão na garganta.
  • Rigidez do pescoço, torcicolos.
  • Dores/dormência no braço; fadiga nas mãos; síndrome do túnel do carpo.
  • Entorses e distensões musculares.
  • Fasceítes plantares, canelites (muito comum em corredores).
  • Lombalgias, ciatalgias.
  • Dores crônicas musculares em geral.
  • Emoções reprimidas (depressão, ansiedade, entre outras*).
       *Em questões emocionais, é aconselhável que a massagem ou terapia corporal seja acompanhada de algum trabalho psicoterapêutico ou de consciência corporal.
         Referências Bibliográficas.
  • Associação Brasileira de Massoterapia Clínica (ABRAMC): http://www.abramc.org.br/.
  • CLAY, James H. Massoterapia Clínica: Integrando Anatomia e Tratamento. Barueri, SP: Manole, 2003.
  • STEPHENS, Ralph R. Massagem Terapêutica na Cadeira. Barueri, SP: Manole, 2008. 262 p.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails