sexta-feira, 24 de julho de 2009

Terapia Neuromuscular

A Terapia Neuromuscular é uma forma de massagem. Distingue-se de outros tipos de massagem pela aplicação de pressão quase-estática na pele com o objetivo de estimular áreas específicas dos músculos esqueléticos.

Geralmente estas áreas de músculo são os chamados Trigger Points miofasciais. A aplicação desta terapia depende de 2 fatores principais: da localização dos Trigger Points miofasciais e da força que deve ser aplicada de forma perpendicular à superfície da pele se houver necessidade de estimulação muscular.

Existem 2 "versões" de Terapia Neuromuscular: a Americana e a Europeia. Apesar de terem "surgido" praticamente ao mesmo tempo, aceita-se que o seu primeiro aparecimento terá sido em Inglaterra.

Têm ambas uma plataforma teórica semelhante, mas depois têm algumas diferenças subtis nas suas aplicações. Na tentativa de desbloqueio de contracturas ou nódulos musculares, o estilo americano utiliza um ritmo médio (polegar ou dedo) de pressão enquanto que o estilo europeu utiliza um ritmo lento (polegar) como método de descoberta.

Também divergem ligeiramente na ênfase dada ao método de aplicação de compressão isquémica no tratamento de Trigger Points. Por outro lado, ambas as "versões" consideram necessário o desenvolvimento de programas domiciliários e a necessidade de encorajamento na participação dos próprios pacientes no seu processo de recuperação.

Um comentário:

  1. Olá Bil!Meu nome é Elizabethe sou massoterapeuta e gostaria se possível que vc me desse mais informações sobre a Terapia Neuromuscular Tenho uma mãe que sofre terríveis dores e acredito ter encontrado mais um alívio.
    Grata!
    Namastê
    (bethy-aju@hotmail.com)

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails