sexta-feira, 31 de julho de 2009

Alongamento dos Meridianos




RECOMENDAÇÕES: 1) - Mantenha a respiração fluida; 2) – Relaxe dentro de cada alongamento. Alongar-se é, em grande parte uma atividade passiva – Coloque-se na posição e aguarde a musculatura soltar-se; 3) – Não balance para frente e para trás tentando forçar o alongamento – Mova-se devagar, alongue-se gradualmente; 4) – Seja gentil com seu corpo, não se alongue até sentir dor; 5) – Mantenha sua atenção voltada para os meridianos que estiver alongando; 6) – Não curve as costas, mantenha-as relaxadamente eretas – Dobre-se para frente sempre a partir dos quadris; 7) – Não “tranque” os joelhos quando estiver fazendo um alongamento em que as pernas fiquem esticadas; 8) – Não use a musculatura da região lombar para fazer os alongamentos. Mantenha-a relaxada, e utilize os braços para puxar o corpo para frente – como se estivesse suavemente estirando um arco para lançar uma flecha.; 9) – Faça cada alongamento 02 (duas) vezes, permanecendo pelo menos 30 segundos em cada um deles, lembrando-se sempre de desfazer o movimento por completo suavemente após cada período de alongamento, para iniciar a repetição ou o próximo exercício; 10) – Alongue-se dentro de suas possibilidades. “Ouça” seu corpo, de modo a lhe dar o que ele necessita – na medida certa.

1 – MERIDIANOS: PULMÃO E INTESTINO GROSSO


Fique de pé, com os pés paralelos e joelhos “soltos” (ligeiramente flexionados). Cruze os polegares atrás do corpo, na altura das nádegas. Incline-se para frente, trazendo as mãos o máximo possível para o alto e para frente. Deixe os ombros rodarem para trás. Mantenha a cabeça erguida e evite curvar as costas na região torácica. Após alguns momentos, erga-se lentamente, flexionando os joelhos para não forçar a região lombar





2 – MERIDIANOS: ESTÔMAGO E BAÇO-PÂNCREAS


Sente-se no chão. Dobre uma perna de modo que o pé fique ao lado da nádega do mesmo lado, e apontando diretamente para trás. Mantenha a outra perna esticada na frente do corpo. Deite-se para trás (apoiando-se nos braços), sem retirar o joelho do chão. Inverta a posição e alongue a outra perna.





3 – MERIDIANOS: CORAÇÃO E INTESTINO DELGADO


Sente-se e junte as solas dos pés. Traga-os o mais próximo possível do corpo. Segure os pés com as mãos, mantenho os joelhos próximos ao chão e incline-se para frente, tentando trazer a barriga de encontro aos pés. Use a força dos braços e não a musculatura lombar. Mantenha as costas eretas.





4 – MERIDIANOS: RIM E BEXIGA


Sente-se com as pernas esticadas à frente do corpo. Incline-se para frete, a partir dos quadris, e segure os dedos dos pés. Traga o tronco para frente, deitando-o sobre as pernas. Se você tiver dificuldade em segurar os dedos dos pés com as mãos mantendo as costas eretas, utilize uma toalha para “laçar” os pés – Mas não curve as costas!





5- MERIDIANOS: CIRCULAÇÃO-SEXO E TRIPLO AQUECEDOR


Sente-se com as pernas cruzadas. Cruze também os braços estendendo-os por sobre os joelhos da perna oposta. Incline-se para frente, deitando o tórax sobre as pernas e afastando as mãos do corpo. Mantenha a atenção nos braços, e relaxe. As palmas das mãos devem permanecer voltadas para baixo.





6 – MERIDIANOS: FÍGADO E VESÍCULA BILIAR


Sente-se com as pernas esticadas e tão separadas quanto possível. Vire o corpo na direção de uma das pernas, incline-se para frente e segure o pé com a mão do lado oposto. Relaxe e traga o tórax de encontro à perna. Como sempre, traga o movimento a partir dos quadris, mantendo as costas relaxadamente eretas. A princípio você pode manter a outra mão no chão para dar mais equilíbrio. Depois faça o mesmo alongamento tocando o pé com as duas mãos. Repita os movimentos agora com a outra perna.




Você está alongando o meridiano do fígado na perna oposta, e não na em que você está inclinado.



Fonte: Livro: "Zen Shiatsu - Equilíbrio Energético e Consciência do Corpo", de Mario Jahara-Pradipto; Ilustrações "César Lobo"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails