segunda-feira, 13 de julho de 2009

Massagem Bowen


Entre os anos 50 e 60, na Austrália, Thomas Ambrose Bowen (1916-1982), desenvolveu uma técnica terapêutica que viria a ser chamada de Terapia Bowen.

Recentemente incluída na lista de terapias manuais, a Terapia Bowen é uma das técnicas mais delicadas dentro das que foram catalogadas até hoje. Consistindo num tratamento de superfície, mas com efeitos muito profundos ao nível do sistema nervoso simpático, a Terapia Bowen produz uma sensação profunda de relaxamento e bem estar, promovendo um rápido e duradouro alívio da dor.

Seguindo uma série determinada de manipulações muito simples e muito precisas, o terapeuta Bowen efetua movimentos muito suaves, sobre locais específicos - músculos, tendões, fascia ou ligamentos - que levam ao reequilíbrio do organismo e, consequentemente, ao processo de auto-cura.
O terapeuta é sensível à tensão presente no tecido. Ou seja, não se realizam ajustamentos estruturais ou mecânicos, nem manipulações forçosas. O terapeuta consegue discernir stress acumulado nos músculos e tendões, permitindo dessa forma executar movimentos Bowen específicos que conduzem à recuperação.

É uma técnica indolor e não invasiva. Os resultados podem ser notáveis logo após o primeiro tratamento. Muitas vezes são necessárias apenas algumas sessões para curar o problema apresentado. Esta é uma das razões que tornam a técnica de Bowen tão popular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails