quarta-feira, 29 de julho de 2009

Massagem infantil

A massagem em crianças é praticada em várias culturas há vários séculos. No entanto, atribui-se a Vimala Schneider McClure a designação de "Massagem Infantil" na década de 1970 após ter estado na Índia e ter presenciado os efeitos positivos que esse tipo de massagem indiana tinha nas crianças.

McClure praticou os movimentos da massagem indiana às crianças no seu próprio bebé e observou os seus benefícios na primeira pessoa.

Já nos EUA, McClure compilou as várias técnicas indianas de massagem e adaptou-as ao estilo de vida ocidental. McClure é a fundadora da Associação Internacional de Massagem Infantil e autora de vários livros sobre o tema.

A massagem é um momento único de partilha, (é uma dádiva especial), que promove o conhecimento de pais e filhos e gera momentos de felicidade/ bem-estar no seu crescimento e desenvolvimento.A massagem Infantil é uma ferramenta que permite aos pais remodelar a interpretação que o bebé faz do mundo, para libertar a sua dor, medos, abrindo-se a um estado de maior alegria. É através de um contacto com pele, que pais e filhos se encontram com exclusividade, dando assim mais qualidade às suas relações e transmitindo, uns aos outros, confiança e segurança, para chegar a um entendimento muito mais profundo, que os acompanhará durante toda a vida.

A massagem é um momento único de partilha, (é uma dádiva especial), que promove o conhecimento de pais e filhos e gera momentos de felicidade/ bem-estar no seu crescimento e desenvolvimento.

A massagem Infantil é uma ferramenta que permite aos pais remodelar a interpretação que o bebé faz do mundo, para libertar a sua dor, medos, abrindo-se a um estado de maior alegria. É através de um contato com pele, que pais e filhos se encontram com exclusividade, dando assim mais qualidade às suas relações e transmitindo, uns aos outros, confiança e segurança, para chegar a um entendimento muito mais profundo, que os acompanhará durante toda a vida.


"Nutrir uma Criança
Sim
Mas não só com leite
É preciso pegar-lhe ao colo
É preciso acariciá-la
Embalá-la
E massageá-la
É necessário conversar com a sua pele,
Falar com as suas costas
Que têm sede e fome,
Como a sua barriga"
“Shantalla” – Leboyer, F.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails