quarta-feira, 23 de março de 2016

O que acontece com meu corpo quando recebo uma massagem?



Depois de um dia estressante, com trânsito lento, pressão no trabalho, correria para buscar e levar os filhos na escola e ainda a rotina que se reinicia a noite, não há saúde que aguente!

Segundo o levantamento realizado pela Associação Internacional do Controle do Estresse, ISMA (International Stress Management Association), que caracterizou o estresse como o mal do século, revelou que o Brasil é o segundo país do mundo com níveis de estresse altíssimos. Três em cada sete trabalhadores sofrem a Síndrome de Burnout (esgotamento mental e físico intenso causado por pressões no ambiente profissional) e não sabem.
Este desequilíbrio físico e emocional é resultado da soma de algumas respostas mentais e físicas, o estresse fisiológico, sem sobrecargas, pode contribuir de forma saudável para o crescimento e o desenvolvimento dos nossos ossos, músculos, cérebro e demais partes do corpo. Porém, sua causa como doença está relacionada aos estímulos externos e à pressão a qual é submetida uma determinada pessoa e ao desgaste que ela pode sofrer sob esta pressão.
Como tratamento não são indicados medicamentos, já que precisamos encontrar a origem do desequilíbrio e se essa origem está relacionada com a rotina e a atividade da pessoa, o melhor que se tem a fazer é compensá-la com exercícios, meditação e com terapias diversas, em especial as massagens e a acupuntura que tanto tratam como previnem estes desequilíbrios.
Quando recebemos uma massagem nosso metabolismo acelera, com o fluxo de sangue aumentado, eliminamos mais toxinas, ocorre também a liberação de endorfinas que são substâncias relacionadas ao prazer e ao bem estar.
Quando os músculos são pressionados e estimulados, o ácido lático acumulado nas fibras é drenado e posteriormente eliminado pelas vias renais.
A compensação também ocorre com os pulmões que passam a respirar mais lentamente, o que diminui os batimentos cardíacos, reduzindo a liberação dos hormônios do estresse e controlando a ansiedade.
A maior vantagem das terapias naturais é que não há contraindicações, mas é válido ressaltar que cada pessoa precisa estar consciente de seu corpo, de suas dores, e reservar um tempo para se cuidar, para encontrar seu equilíbrio antes que a desordem ultrapasse o campo energético e passe a ser físico. Essa desordem física refere-se a ao desequilíbrio químico orgânico, ou seja, quando não reorganizamos nossa energia, aquilo que não é palpável, nosso corpo nos envia diversas mensagens, dores de cabeça, tensões musculares, problemas intestinais, se mesmo assim não nos atentarmos para essas mensagens e tomarmos providências, a lesão que era somente energética torna-se física, a exemplo de cálculos renais ou na vesícula, alergias à alimentos, arritmias ocasionadas por problemas no fechamento das válvulas cardíacas, excesso de peso adjuvante à problemas posturais com dores ciáticas e até mesmo com disfunções na coluna vertebral como hiperlordose, cifose entre outras.
Para evitar estes problemas e ter qualidade de vida mesmo com a intensidade de nossa rotina, faça uma massagem sempre que sentir necessidade.
Encontre seu equilíbrio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails