terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Vai uma mãozinha aí?


Também vale bambus, duchas, pedras quentes... Para cada tipo de pessoa e objetivo, existe uma massagem adequada. Preparamos um guia para ajudá-lo a encontrar a ideal

O dia no trabalho foi um estresse. Você chega em casa muitas horas depois do que deveria, deita na cama e a sensação é a mesma de ter sido atropelada por três caminhões carregados de cimento. Banho quente e cama macia é o que você tem à disposição, mas o que quase sempre deseja é mesmo uma boa massagem. Sobra para quem está por perto: o marido,a esposa, os filhos, o/as amiga/os. Algumas vezes, porém, é preciso mais do que amigos solícitos para tirar do corpo todas as cicatrizes de dias de tensão. Quando desenvolveram as primeiros técnicas de massoterapia, há quase 3 mil anos antes de Cristo, os chineses pareciam já saber disso. “No Oriente, é algo cultural. Aqui, só agora as pessoas começam a aprender a usar as massagens como instrumento para incrementar o bem-estar. Elas trabalham com emoções e com a energia corporal, mas funcionam melhor se usadas para promover a saúde e não apenas para remediar”, defende a empresária e estudiosa em massoterapia Estela Boner.

Muitos anos depois de a descoberta dos chineses cair no gosto das outras culturas, é a ciência, normalmente tão cética, que vez ou outra levanta o polegar em sinal de aprovação para as técnicas de relaxamento. Segundo uma das dezenas de pesquisas realizadas pelo Touch Research Institute, nos Estados Unidos, funcionários que recebem massagens rápidas, com duração de 15 minutos, duas vezes por semana, tendem a ter níveis menores de estresse e mais disposição no trabalho. Além disso, conclui o mesmo instituto, as sessões, mesmo em diabéticos e pacientes com câncer ou hipertensão, geralmente desaconselhadas para a maioria das massoterapias, podem ajudar a minimizar os sintomas das doenças, desde que devidamente recomendadas pelo médico. Reduzem as dores, o estresse no período de quimioterapia e a propensão a cair em depressão.

É importante combinar as massagens com uma alimentação saudável e exercícios físicos. Seja para relaxar, complementar um tratamento médico ou simplesmente ajudar o corpo a chegar à forma desejada, existe um tipo de massagem que lhe cai perfeitamente. Listamos as mais novas e procuradas nas clínicas de estética e nos spas de beleza e relaxamento. A relação é democrática. Depende apenas do que você procura e de quanto tempo disponibiliza.

PARA DAR UM UP NA MUSCULATURA

Massagem desportiva
O que é: um conjunto de técnicas que o massagista usa única a exclusivamente para aumentar o potencial muscular do atleta. Isso inclui, principalmente, relaxar a musculatura, tonificar e prepará-la para o esforço dos treinamentos constantes. Se for feita com frequência, pode evitar lesões e mesmo reduzir o tempo de recuperação delas. Além disso, ajuda a drenar líquidos acumulados com prática esportiva, como o ácido lático. Pode ser feita antes e depois do exercício ou do treinamento.Boa para quem: ela é indicada para atletas de alta performance e pessoas que se exercitam demais, como os amantes da malhação pesada na academia, especialmente para quem quer se recuperar de uma lesão. Antes do treinos, é usada como complemento ao aquecimento, pois alivia a tensão muscular e mental e melhora a flexibilidade. Após o treino, reduz os espasmos musculares e ajuda a recuperar a musculatura. Contraindicações: as mesmas para todas as outras.

PARA RELAXAR E ALIVIAR O CORPO

Reflexologia
O que é: foram os massagistas norte-americanos William Fitzgerald e Eunice Ingham que, no início do século 20, moldaram a reflexologia como ela é aplicada hoje. A terapia é baseada no princípio de reflexos nos pés e nas mãos relacionados a todos os órgãos, glândulas e membros do corpo distribuídos em 10 pontos ou zonas de energia. Assim, é possível estimular, por exemplo, rins, pulmões ou intestino tocando apenas nas zonas correspondentes. A terapia é aplicada só com as mãos do massagista, sem auxílio de nenhum aparelho ou cosmético, por meio de pequenas pressões nos pontos correspondentes àqueles que o terapeuta sentir que há um desequilíbrio energético.Boa para quem: o principal benefício da terapia é o relaxamento, que acaba levando a uma melhora na irrigação sanguínea e restabelece a energia entre todas as funções do corpo. Como estimula e equilibra as estruturas corporais, é também eficaz para prevenir o aparecimento de doenças e auxilia o processo de cura, mas não deve substituir os tratamento médicos convencionais.Contraindicações: quadros infecciosos, lesões da pele, bolhas ou ferimentos abertos e dermatites. Pessoas que torceram ou fraturaram os pés ou as mãos recentemente também devem esperar até que a lesão melhore. Gestantes ou doentes crônicos, como diabéticos, devem perguntar ao médico sobre a indicação ou não da terapia.

Massagem a quatro mãos
O que é: cada terapeuta trabalha de um lado do corpo com movimentos sincronizados. Segundo os especialistas, é essa ação dupla que faz a diferença. Como o cérebro não consegue focar em tantos movimentos ao mesmo tempo, o relaxamento é mais profundo.Boa para quem: por ser relaxante, é ideal para quem sofre de estresse e busca na massagem um alívio para a tensão, mas também ativa a circulação, o que traz benefícios para a saúde. Contraindicações: a princípio, para quem tem câncer ou infecções bacterianas, por vírus ou fungos.

Massagem com pedras quentes
O que é: herança das massagens suecas e do shiatsu, a terapia usa pedras vulcânicas aquecidas nos pontos de acupuntura e sobre os chakras para liberar o fluxo de energia e religar a força interior. A temperatura, além de terapêutica, relaxa a musculatura, provocando uma sensação de relaxamento, que combate o estresse, a agitação e a insônia. Boa para quem: a técnica ativa a circulação, melhora a mobilidade das articulações, desfaz nódulos, alivia dores na coluna, ajuda a aumentar o tônus muscular, melhora a ansiedade, ajuda a combater a depressão e ainda estimula processos fisiológico, como a digestão e a respiração. Se você precisa melhorar qualquer uma dessas coisas, está mais do que indicado a se aventurar pelas pedras quentes.Contraindicações: pessoas com dermatites ou lesões na pele que possam ser agravadas pelo calor ou pela umidade das pedras, quem toma remédios que tenham efeitos colaterais devido ao calor, pacientes com doença cardíaca grave — o calor pode forçar o sistema circulatório — e idosos com a pele muito fina. Gestantes também precisam tomar cuidado. O ideal é esperar até o quarto mês de gestação e consultar o médico, já que a terapia pode ser adaptada. Como ela ativa a circulação, pode aumentar ainda mais o fluxo menstrual. Por isso, os profissionais recomendam agendá-la para antes ou depois do início da menstruação, especialmente mulheres com fluxo intenso.



Shiatsu
O que é: em japonês, significa “pressão com os dedos”. Baseada na antiga medicina tradicional chinesa, combina a massagem relaxante com a pressão dos dedos do massagista nos pontos de acupuntura para desbloquear e estimular a energia vital. Pode-se usar também os cotovelos, joelhos, pés ou até o peso do corpo do terapeuta. Boa para quem: quer alinhar a massagem relaxante à preventiva e terapêutica. Como o Shiatsu trabalha os pontos da acupuntura, ajuda no tratamento de algumas doenças e na eliminação de líquidos.Contraindicações: pacientes com câncer e com osteoporose severa. Para os que sofrem de epilepsia e pressão alta, os ponto da cabeça devem ser evitados pelo terapeuta, por isso é bom avisar sobre qualquer dessas condições. Gestantes devem consultar o médico.

Talassoterapia
O que é: imagine deitar numa banheira de água quente com espuma, sais marinhos e luzes cromoterapêuticas por cerca de 40 minutos e só relaxar. É assim com a talassoterapia, que se vale do poder da água salgada do mar. A técnica já era praticada há pelo menos 4 mil anos antes de Cristo pelos gregos, que retiravam das águas vermelhas substâncias com poderes curativos. A banheira usada hoje tem jatos de água potentes e circulares, que relaxam a musculatura, aliviam doenças como artrite, osteoporose, nevralgia e gota e ainda funcionam como uma espécie de drenagem linfática, que ajuda a combater a celulite, reduzir medidas e melhorar a circulação. Boa para quem: não tem muito tempo sobrando e quer relaxar e cuidar da estética ao mesmo tempo. Pacientes com dores fortes nas articulações, na coluna e na musculatura podem aderir ao método como complemento aos tratamentos convencionais. Quem tem pressão alta também pode experimentar — o relaxamento pode levar a uma leve queda na pressão. Contraindicações: pacientes com feridas ainda não cicatrizadas e dermatites podem agravar o quadro. Avise ao terapeuta se sua pressão tende a baixar.

Ayurvédica com aromas
O que é: consiste numa técnica de massagem profunda que alia movimentos vigorosos, com as mãos, em toda a massa muscular. São usados alguns óleos especiais que estimulam e energizam pontos e órgãos vitais do corpo. A sensação no final é de leveza, tranquilidade e frescor. Boa para quem: é indicada para quem deseja corrigir a postura corporal, aumentar a capacidade respiratória, estimular a circulação sanguínea e linfática e repor o nível de energia vital. Contraindicações: pacientes com osteoporose e fraturas ou lesões ósseas devem ter cuidado redobrado. Gestantes devem consultar o médico.

Ducha de Vichy
O que é: chamada Vichy Shower ou Ducha de Vichy, foi criada na cidade de Vichy, na França. São sete duchas instaladas em uma coluna horizontal, sobre a maca de massagem. Além dos fortes jatos de água sobre o corpo, o paciente recebe uma massagem aplicada pelo massoterapeuta. Ela pode ainda ser associada à cromoterapia. A sessão dura, em média, meia hora. Boa para quem: quer relaxar a musculatura e diminuir dores na coluna e no restante do corpo. Por estimular a circulação sanguínea, ajuda na desintoxicação do organismo, acelerando a eliminação de toxinas pela urina. Além de relaxamento profundo, essa técnica ajuda a fortalecer o sistema imunológico e ativa a circulação. Contraindicações: o calor da água torna a terapia um problema para pessoas com pressão baixa, idosos, crianças e adultos debilitados, portadores de esclerose múltipla, diabéticos, gestantes, doentes cardíacos graves, mulheres em período menstrual, pessoas com sensibilidade exagerada ao calor e hipoglicêmicos.

Shyrodhara
O que é: em sânscrito, shiro significa cabeça e dhara, fluxo. A técnica consiste no fluxo contínuo de um fino fio de óleo vegetal puro, chá ou leite, medicados com ervas e levemente aquecidos, sobre a testa da pessoa, que fica deitada numa maca. O líquido escolhido e temperado com as ervas é colocado num pote especial. O seu contato contínuo com a testa e com o sexto chakra, ou chakra frontal — o ponto que fica exatamente entre as sobrancelhas —, proporciona uma sensação de bem-estar e leva a pessoa a um profundo estado de relaxamento. Boa para quem: bastante indicada em casos de problemas psicológicos, como ansiedade, depressão, insônia, estresse e agitação mental, já que alivia a tensão. Ela revitaliza o sistema nervoso central, contribui para o alívio de dores de cabeça, melhora a capacidade de atenção e concentração, melhora a visão e o sono — que fica mais profundo —, a digestão e o equilíbrio físico, mental, energético e espiritual. Além disso, tem um papel estético: nutre e rejuvenesce os cabelos e a pele do rosto. Contraindicações: pessoas que sofrem de artrite reumatoide, enjôo e vômitos, indigestão, anorexia, problemas no abdome, metabolismo deficiente, diarreia, amígdalite, embriaguez ou alcoolismo, febre, sinusite, gripe forte ou pressão alta.

PARA CUIDAR DO CORPO



Bambuterapia
O que é: de origem francesa, é uma massagem estética parecida com a drenagem linfática. A diferença é que, em vez de seguir o fluxo e a velocidade do sistema linfático, como a primeira, ela é mais forte e rápida, já que os pedaços de bambu permitem que a quantidade de tecido massageado de uma só vez seja maior. Pode ser aplicada sozinha ou associada a outras massagens e tratamentos para resultados mais rápidos. Os tamanhos dos bambus variam de acordo com a parte do corpo massageda e, com a ponta dos canudos, é possível estimular pontos energéticos e de reflexão nos pés e mãos. A técnica harmoniza corpo em mente em forma, já que se acredita que mesmo os problemas estéticos se iniciam devido a um desequilíbrio emocional e energético.Boa para quem: procura um tratamento alternativo para celulite e pretende reduzir medidas sem abrir mão de uma técnica que também proporcione relaxamento. Como ela decomprime terminações nervosas ao drenar líquidos acumulados, pode ser usada também para aliviar dores pelo corpo. Contraindicações: pessoas com varizes ou problemas de circulação por causa do risco de trombose, assim como quem tem câncer e infecções por vírus, fungos ou bactérias. Mulheres que fazem uso da pílula anticoncepcional têm maiores chances de apresentar vasos com circulação deficiente, por isso devem sempre passar pelo médico antes de marcar as sessões de bambuterapia.

Drenagem facial
O que é: engana-se quem pensa que drenagem é coisa apenas de quem quer se livrar das gordurinhas extras acumuladas em lugares indesejados. A drenagem linfática facial é um pouco mais delicada do que a corporal, já que o tecido da pele é mais sensível. Com toques suaves, o massagista primeiro libera os gânglios e, em seguida, direciona a linfa até eles para que sejam eliminados. Boa para quem: quer melhorar a aparência do rosto e se livrar do inchaço por acúmulo de líquidos na região. Oxigena os tecidos, tonifica a pele e previne contra o envelhecimento dos tecidos. Além disso, atenua marcas de expressão e de bolsas ao redor dos olhos. Como aumenta a vascularização e drena líquidos, é também indicada para alguns pós-operatórios, mas deve ser recomendada pelo médico.Contraindicações: as mesmas da drenagem linfática.

Drenagem linfática
O que é: provavelmente a mais procurada entre as mulheres que pretende se livrar de alguns quilos extras, ajuda a eliminar líquidos e resíduos metabólicos do organismo. A circulação é estimulada com movimentos rápidos das mãos do massagista. A sessão dura, em média, uma hora e a quantidade de encontros semanais depende do quão rápido você pretende ver os resultados. Boa para quem: tem inchaço devido à retenção de líquidos e para quem está com alguma cirurgia plástica em vista. Ela é recomendada por alguns médicos no pré e no pós-operatório porque, como explica o cirurgião plástico Douglas Freire, estimula os linfócitos, que ajudam a minimizar os hematomas. Geralmente, de três a cinco dias depois da cirurgia a drenagem já está liberada. Contraindicações: como ativa a circulação, pode acabar distribuindo pelo corpo agentes infecciosos, como vírus, bactérias e fungos, além de células cancerígenas. Assim, pacientes com processos infecciosos e qualquer tipo de câncer estão contraindicados. Quem tem varizes severas também deve tomar cuidado. Por conter manobras de bombeamento, a drenagem pode deslocar possíveis trombos que se formam nesses vasos de circulação deficiente, levá-los a vasos mais importantes e provocar um acidente vascular cerebral ou trombose. Faça uma consulta médica antes de agendar a sessões.

Massagem estética modeladora
O que é: geralmente é feita com as mãos e cosméticos específicos, que aceleram a quebra da gordura. Mas algumas clínicas combinam a técnica a aparelhos modernos, que otimizam os resultados, como o Cellutec, que combate a celulite. Ela pode também complementar outros tratamentos estéticos redutores. Além de remodelar o corpo, auxilia na esfoliação, estimula a circulação, a recuperação muscular, reduz a celulite e ajuda a combater o estresse. Não dói nem causa hematomas.Boa para quem: pretende reduzir medidas e eliminar gordura localizada no abdome, coxas, glúteos, panturrilhas e braços. Os resultados começam a aparecer no terceiro mês e é possível se livrar de 5cm a 10cm seguindo o tratamento à risca. Mas, atenção: segundo especialistas, os resultados são mais eficientes quando as massagens são combinadas a uma alimentação balanceada e exercícios físicos. Contraindicações: no geral, como também estimula a circulação, são as mesmas da drenagem linfática.

Lipomassagem
O que é: a terapeuta faz movimentos rítmicos e intensos de deslizamento no corpo com a ajuda de cosméticos que auxiliam a acelerar a redução das medidas e da celulite. A massagem quebra a gordura e ameniza o aspecto de casca de laranja que a celulite deixa na pele e ainda tem efeito modelador. A promessa é de ver o resultado já nas primeiras 10 sessões. Boa para quem: quer combater a gordura localizada e os furinhos da celulite. Não é relaxante, simplesmente estética. Portanto não é ideal se você pretende também se livrar do estresse. Contraindicação: pessoas com hipertensão, diabetes, câncer e infecções não devem se aventurar pelos mesmos motivos da drenagem convencional. Gestantes também estão contraindicadas, assim como pacientes com lesões na pele que podem ser contagiosas ou agravadas com o uso dos cosméticos.


revista do correio braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails