quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Massagem terapêutica e seus benefícios


Massagem é pré-histórica(Massagem terapêutica) :

A massagem (Massagem terapêutica) e sua história é tão antiga quanto a do homem. Estudos arqueológicos indicam que, já na pré-História, o homem promovia o bem-estar geral e adquiria proteção contra lesões e infecções por meio de fricções no corpo.

Depois dos chineses, o pai da Medicina, o grego Hipócrates, fez uso das propriedades terapêuticas da massagem, que ele denominou anatripisis, cujo significado é friccionar pressionando os tecidos. A expressão foi traduzida para o latim como frictio e permaneceu em uso nos Estados Unidos até 1870. Frictio significa fricção ou esfregação. Na Índia, a expressão usada para designar massagem era shampooing. Na China, era Cong Fou e, no Japão, ambouk.Seriam os primórdios do que hoje se entende por massagem. Há também registros de que civilizações da Antiguidade, como egípcios, hindus, gregos, romanos, chineses e japoneses, cerca de 300 a.C., fizeram referências sobre os benefícios da massagem para o bem-estar. Mas os primeiros a reconhecer as propriedades curativas dessa técnica de friccionar o corpo foram os chineses, que assinam a literatura mais remota que se tem notícia: o texto médico Nei Ching, escrito 2800 a.C. A palavra massagem é de origem grega e significa amassar.

A chave do shiatsu está nos dedos :
A técnica de massagem chinesa denominada shiatsu pode ser traduzida literalmente por pressão no dedo. Ou seja, qualquer toque que a pessoa faz é um shiatsu. A massagem que leva esse nome funciona como um desbloqueador energético ,  “Nosso corpo tem 12 meridianos, que são canais de energia que dão acesso a todos os órgãos. Com a pressão em determinados pontos, você acaba desbloqueando o fluxo energético, estimulando o re-equilíbrio corporal”. São os mesmos meridianos trabalhados na acupuntura. O shiatsu é recomendado para dores, estresse e tensão muscular. A sessão dura, em média, uma hora, e pode ser aplicada num colchonete, maca ou cadeira especial. As massagens são feitas com os polegares, dedos e palmas das mãos, sem qualquer instrumento mecânico ou de outro tipo .

Movimentos vigorosos constituem a ayurvédica :
De origem indiana, a técnica de massagem ayurvédica começou a ser desenvolvida há pelo menos 6 mil anos. O termo vem do sânscrito: ayu, que significa vida e veda, que quer dizer conhecimento ou ciência. “Esse tipo de massagem atua na liberação de toxinas pelo corpo, resultando no rejuvenescimento e combatendo o estresse”.

De caráter terapêutico, a massagem, combinada com respiração específica, produz uma liberação energética-emocional contida no corpo em forma de tensão e rigidez. “A massagem é feita com a utilização de óleos naturais, associados aos aromas dos óleos essenciais e o pó de uma raiz (vekhand), que auxilia na ativação da circulação sanguínea, aquecendo a musculatura rapidamente”.

Outro benefício da massagem ayurvédica é o seu efeito anti-séptico. A sessão de ayurvética consiste em movimentos vigorosos (não confundir com movimentos bruscos) em toda a massa muscular, juntamente com manobras de tração e alongamentos extraídos da yoga. Trabalha profundamente as cadeias musculares e as articulações, aumentando a circulação periférica, a drenagem linfática e a desintoxicação do organismo. Além de purificar os circuitos internos de energia do corpo, a massagem ayurvética estimula pontos e órgãos vitais, visando equilíbrio físico e mental. Ela promove um profundo relaxamento e bem estar e tem efeito antidepressivo e antiestresse.

Uso da massagem em tratamentos médicos :
A maioria das pessoas reconhece o relaxamento como um dos efeitos da massagem, mas, por vezes, ignoram seus efeitos preventivos e curativos. Os profissionais de fisioterapia usam as mais variadas técnicas de massagens para auxiliar no diagnótico das doenças e para o tratamento das mesmas.

E como é feito este diagnóstico?
“Isso acontece porque os músculos do corpo humano têm uma tensão natural e, quando essa tonicidade está alterada, o profissional especializado percebe que há algum problema”, explica a fisioterapeuta Simone Lima, que cita como exemplo os edemas nas mulheres grávidas.

“Com o toque, procuro os sinais de inflamação, que são calor, dor, rubor e edema. Assim consigo identificar a localização correta da dor”. Uma pessoa, quando está tensa, fica com os músculos dos ombros (trapézio) endurecidos e, às vezes, doloridos. Uma massagem nessa região libera as toxinas acumuladas e provoca sensação de relaxamento. No caso dos esportistas, as dores podem ser causadas por práticas de esporte em excesso, que provocam o acúmulo de ácido lático nos músculos. A massagem aumenta a circulação, atuando na liberação dessa substância e, conseqüentemente, alivia a dor. Mas, além do alívio de dores musculares e de relaxamento, a diversas técnicas de massagem pode ser aplicada no tratamento de várias patologias. Na área respiratória, por exemplo, atua em tratamentos de bronquite e pneumonia, relaxando a musculatura do paciente e fazendo com que ele libere a secreção. Na oncologia, que trata pacientes com câncer, “as massagens costumam ser aplicadas após a cirurgia de mama, quando massageia-se a área para diminuir o edema”.

A massagem também pode ser aplicada em tratamentos intestinais, cólicas e até problemas simples como a caspa. Mas é fundamental ressaltar que a massagem, isoladamente, não resolve todos os problemas: “Ela é útil para tratar e prevenir várias patologias, mas tem de ser aplicada juntamente com outras terapias”. Em caso de queimaduras graves, usa-se a massagem para evitar aderências, já que elas diminuem a amplitude do movimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails