segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

A massagem é uma troca de energias constantes



O toque é uma atitude espontânea para os seres vivos, seja um cachorro, um gato ou um ser humano. Quando levamos uma pancada ou quando queremos amenizar a dor de um ente querido então colocamos a mão como um ato reflexo. O toque talvez tenha sido a primeira forma de tratamento, tocar para serenar, para aliviar a dor ou para encorajar.

Há varias técnicas milenares e outras mais recentes, que se utilizam do toque para proporciona o bem estar, restabelecer o equilíbrio energético, relaxar, aliviar dores e até mesmo para fins estéticos.

Na correria dos tempos modernos, as pessoas pouco se falam quanto mais se tocam ou se abraçam. Numa sessão de massagem o toque é super importante, da mesma forma que a entrega do cliente. Algo que é pouco falado, mas é de extrema importância para alcançar melhores resultados, as pessoas devem permitir ser tocadas. Dentre outros fatores, o estresse e a ansiedade são os maiores culpados e deixam as pessoas sempre em posição de “ataque”, sempre prontas para reagir e não abaixam a guarda, não relaxam. Um exemplo muito comum ocorre nos movimentos passivo que visam trabalhar as articulações, onde o terapeuta move algum membro do paciente sem que o mesmo utilize suas forças e a pessoa acaba movimentando junto.
            
A massagem é uma troca de energias constantes e da mesma forma que o toque é fundamental, a entrega também é.  Para diminuir a insegurança e poder relaxar melhor, procure um massoterapeuta de sua confiança, conheça sobre suas técnicas, tire dúvidas e aproveite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails