quarta-feira, 26 de março de 2014

Massagens dão bem-estar e agem contra as dores



As diferentes técnicas de massagem que existem hoje, além de promover bem-estar, fazem muito bem à saúde. Um estudo publicado pela Science Translational Medicine mostra que a massagem reduz inflamações, diminui a produção de substâncias químicas no organismo ligadas à inflamação e promove o crescimento das mitocôndrias novas no músculo esquelético, reduzindo a dor muscular.

Segundo Flávia Bottari, coordenadora pedagógica que oferece cursos profissionalizantes em diferentes áreas, de Rio Preto, há uma diversidade de massagens, cada uma com uma finalidade específica, dividindo-se em técnicas ocidentais e orientais. "Existem pesquisas do Instituto Buck e Universidade McMaster que produziram evidências científicas de que uma massagem, de fato, ajuda a curar dores musculares e estresse, e pode ser tão eficaz quanto a aspirina ou outros analgésicos para acalmar os efeitos da prática de exercícios intensos", diz.

Muitos serviços públicos já reconhecem a importância do serviço, de tal modo que o incorporaram à rotina de atendimento, conforme demonstram alguns estudos publicados pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva.

Massagem relaxante

O pediatra Américo Marques Canhoto, autor de diversos livros, entre eles o recém-lançado "Estresse Crônico - Perigo à vista" (Ebm Editora), observa que muitas pessoas desenvolveram desde dores no corpo a alterações comportamentais, emocionais e psíquicas em função do estresse vivido nos dias atuais. Portanto, recomenda que, além de uma boa massagem, o autoconhecimento e a reflexão podem ser úteis no combate aos diferentes sintomas.

"Buscar soluções milagrosas para resolver o problema não é um bom caminho. Os remédios já não fazem mais o mesmo efeito; os efeitos colaterais estão cada dia menos suportáveis", diz. O massoterapeuta João Roberto Sinibaldi diz que a massagem sueca é uma alternativa a quem busca se livrar do peso da rotina.

Ele afirma que, independente do gênero, as pessoas estão cada vez mais convencidas que, para combater dores no ciático, nas pernas, no corpo como um todo, somente uma boa massagem pode trazer alívio. "Para isto, uso cremes diversos e aplico técnicas orientais que ajudam a desfazer os nódulos de tensão", diz.

A massoterapeuta Sabrina Rosseti, de Rio Preto, trabalha com a massagem ayurvédica, uma das terapias corporais mais tradicionais da Índia. "É uma técnica de massagem profunda, que combina movimentos vigorosos em todos os músculos com manobras de tração e alongamento, além da estimulação dos órgãos vitais. Ela é indicada como tratamento complementar à psicoterapia, elimina as toxinas do corpo, ativa a circulação sanguínea e reaviva os centros de energia (chakras)", diz. Em apenas dez sessões já é possível observar resultados duradouros.

No entanto, Sabrina lembra que há situações em que a massagem não é indicada. "Por exemplo, quando a pessoa é portadora de algum câncer maligno (cancro), gestantes, soropositivos. E qualquer pessoa que esteja com infecção de qualquer tipo ou ainda com febre", alerta.

BENEFÍCIOS:

- Combate o estresse e a agitação mental
- Elimina as toxinas do corpo
- Promove a correção postural
- Alonga os músculos
- Controla a dor
- Ativa a circulação sanguínea
- Reaviva os centros de energia (chakras)

Massagem do prazer

Mas não é apenas no campo do estresse e das dores que as massagens podem atuar. Elas também têm importante função no campo da sexualidade. Este é um campo minado, uma vez que, de acordo com a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), existem inúmeros problemas que impedem, por exemplo, as mulheres de alcançarem o ápice da relação sexual, ou seja, o orgasmo. A entidade aponta para a existência de 15% a 30% de brasileiras vítimas da anorgasmia. Ao passo que outras 6% sofrem com o vaginismo. E como nem todos têm coragem de buscar ajuda médica, é possível, de acordo com o massagista tântrico Waldienio Wellinton da Silva, de Rio Preto, que este número seja ainda maior.

Até porque o problema da falta de orgasmo não é exclusividade da mulher. É fato que muitas mulheres sentem prazer e desejo, mas não conseguem ter um orgasmo devido a dor pélvica crônica, e neste caso só um tratamento médico poderá identificar a causa. Mas há situações, descritas por Silva, no caso de homens que foram submetidos à remoção radical da próstata através de cirurgia, que ficaram impossibilitados de sentir orgasmo, e encontraram na massagem tântrica a solução para seus problemas.

"Cada pessoa necessita passar por um conjunto de situações terapêuticas que irão reproduzir os estímulos necessários para vivenciar novas experiências de orgasmo e de prazer", explica. O massoterapeuta tântrico observa que pesquisas apontam para a capacidade do corpo, graças a seu instinto humano e à habilidade de adaptação da espécie, de reorganizar as sinapses sensoriais que levam as informações ao cérebro, reativando as condições propícias ao orgasmo e ao prazer.


Massagem Shantala

Em Rio Preto, a terapeuta ocupacional Josiane Santana, especialista em acupuntura sistêmica, observa que a Shantala é uma das técnicas de massagem que podem ser aplicadas pelos pais em bebês a partir de um mês de idade. Muito embora alguns estudiosos já dão conta de gestantes que praticam a massagem na barriga enquanto aguardam a chegada do bebê.

A terapeuta rio-pretense explica que os benefícios são diversos, além de promover a interação entre mãe e pai com a criança, promove bem-estar, alívio de cólicas, relaxamento, calma do bebê, melhora do sono e da capacidade respiratória. "O bebê sente-se mais seguro e acolhido. Sem falar que os estímulos que eles recebem pelo toque das mãos produzem endomorfinas, hormônios neurológicos que reforçam as sensações de amor, calor e amizade."

A massagem é feita em todo o corpo e rosto do bebê, com auxílio de um óleo vegetal. Segue-se a isso uma sequência de movimentos suaves e alongamentos, iniciando na parte anterior pelo tronco e finalizada no rosto. "O bebê é acolhido pelo olhar, pela voz, pelo cheiro da mão tocando e massageando-o, sentindo-se mais protegido e seguro", afirma Josiane. Quem constata na prática os benefícios da Shantala em seu, bebê Miguel Lopes de Souza, é a rio-pretense Thaís Lopes Moreira da Silva. "Ele fica todo relaxado e calmo por longos períodos", diz.

ENTENDA:

A Shantala pode ser feita todos os dias, vai depender da necessidade do bebê. Se o bebê tem cólica, por exemplo, deve ser feita diariamente no período que o bebê não está com dor, pois a massagem não pode ser feita com o bebê chorando. A técnica deve ser realizada em ambiente acolhedor, com música tranquila capaz de acalmar. Os movimentos são suaves. Se estiver em agitação ou com dificuldade de dormir, deve ser realizada todos os dias até a melhora do bebê. Já para promover bem-estar e relaxamento, pode ser realizada duas ou três vezes por semana 

A massagem Ayurveda deve ser feita uma ou duas vezes por semana, de acordo com a necessidade do paciente. Pode-se começar com duas vezes por semana e, à medida que a pessoa vai se equilibrando, passar para uma vez na semana. Na prática, é usado um óleo neutro, à temperatura ambiente, no corpo todo. O terapeuta usa as palmas e as costas das mãos, os braços e, eventualmente, os pés. Fica a critério do terapeuta escolher os alongamentos mais adequados para cada tratamento. Usa-se um colchonete no chão e não maca, como nas outras técnicas de massagem 

Entrevista

A coordenadora pedagógica Flávia Bottari, do curso Projeta, de Rio Preto em entrevista ao Diário complementa algumas informações sobre o mundo das massagens e suas peculiaridades. Leia abaixo: 

Diário da Região - Quais os diferentes tipos que existem? 
Flávia Bottari - Atualmente há uma grande diversidade de massagens, cada uma com uma finalidade específica, podendo ser dividida em técnicas Ocidentais e Orientais. Dentre as técnicas Ocidentais mais utilizadas e conhecidas podemos citar as massagens Relaxante ou Sueca, Terapêutica, Desportiva e Estética (modeladora, drenagem linfática e redutora). Já entre as técnicas Orientais destacam-se Massagem Ayurvédica, TuiNá, Reflexologia, Shiatsu, Shantala, Do In, Quick Massage, Thai Massage, Massagem a 4 mãos e Massagem Tailandesa. Há ainda as técnicas de massagem que utilizam alguns complementos para sua execução como por exemplo massagem com Bambus, com pedras quentes, com velas, com conchas, Massagem com pindas dentre outras. 

Diário - Existe alguma restrição para que a pessoa se submeta? 
Flávia Bottari - As principais restrições se baseiam nas desordens da pele como feridas abertas e cicatrizes recentes, eczemas,equimoses recentes, em quadros infecciosos, na presença de tumores malignos, Trombose, febre, no caso de menstruação abundante, fraturas recentes ou processos de descalcificação. Há também a necessidade de uma atenção especial para a realização de massagens em pacientes cardíacos, hipertensos, gestantes e em caso de osteoporose, devendo sempre ter uma liberação medica para sua execução 

Diário - Tem algum estudo que comprove a importância da massagem? 
Flávia Bottari - Pesquisadores do Instituto Buck e Universidade McMaster produziram evidências científicas de que uma massagem, de fato, ajudar a curar dores musculares e estresse e pode ser tão eficaz quanto a aspirina ou outros analgésicos para acalmar os efeitos do exercício intenso. O estudo, publicado online na Science Translational Medicine afirma que a massagem reduz a inflamação, diminuindo a produção de substâncias químicas no organismo ligado à inflamação, promovendo o crescimento das mitocôndrias novas no músculo esquelético e reduzindo a dor muscular. O estudo, publicado online na Science Translational Medicine afirma que a massagem reduz a inflamação, diminuindo a produção de substâncias químicas no organismo ligado à inflamação, promovendo o crescimento das mitocôndrias novas no músculo esquelético e reduzindo a dor muscular. 

Diário - Como é possível combater dores diversas entre outros para afastar o mal-estar com qual tipo específico? 
Flávia Bottari - Cada tipo de massagem pode atuar de formas diferentes no organismo como por exemplo a massagem relaxante é executada aplicando-se movimentos repetitivos, firmes intensos e suaves com as mãos sobre todo o corpo ou em tecidos específicos, proporcionando ao cliente um relaxamento físico e mental, pois através do toque estimula-se a produção de algumas substâncias pelo cérebro(endorfirnas e serotoninas) responsáveis pelo relaxamento e sensação de bem estar sendo muito eficaz para o tratamento de disfunções musculoesqueléticas,como contraturas, tensões musculares, fibromialgias, lombalgias, cervicobraquialgias e alterações emocionais como por exemplo nos casos de depressão e insônia. 

Diário - Como age cada técnica específica? 
Flávia Bottari – Uma técnica muito utilizada é o shiatsu, é uma massagem japonesa desenvolvida para proporcionar bem estar físico, mental e emocional que tem como essência o toque manual ou digital sobre a pele em determinados pontos (os mesmos usados na acupuntura).O shiatsu atua reequilibrando a energia vital de Qi que circula através do nosso corpo em canais chamados meridianos. Quando o fluxo de Qi é perturbado por lesões, ansiedade ou estresse há o aparecimento de sintomas como dores, mal estar físico e psicológicos. A massagem com pedras quentes baseia-se na aplicação de termoterapia, onde calor é aplicado em regiões específicas do corpo, utilizando-se de pedras vulcânicas, previamente aquecidas, pois acredita-se que as pedras tem em sua composição um potencial energético e bioquímico capaz de interferir no funcionamento do nosso corpo aumentando a circulação sanguínea e promovendo um relaxamento das tensões musculares. 



Cecília Dionizio


.diarioweb.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails