sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Massagem e terapia


A Massoterapia para quem não sabe divide-se em duas partes. Masso - Massagem e Terapia - Terapêutica.

Começemos então por saber um pouco da história da massagem:

A História da Massagem é tão antiga quanto a do homem.

Estudos Arqueológicos indicam que, já na pré-história, o homem promovia o seu bem estar geral e adquiria proteção contra lesões e infeções por meio de fricções no corpo.

Existem registos de civilizações da antiguidade, como Egípcios, Hindus, Gregos, Romanos , Chineses e Japoneses, cerca de 300 a.c, que fizeram referências sobre os benefícios da massagem para o bem estar.

Os primeiros a reconhecer as propriedades curativas da massagem foram os chineses que assinam a literatura mais remota de que se tem notícia. o texto médico foi escrito por Nei Ching em 2800 a.C .

Nos anos 70 , o americano George Downing na sua obra " O Livro da massagem" referencia a massagem como uma terapia que olha o indivíduo de forma holística considerando simultâneamente a estrutura física, mental e emocional.

A palavra massagem é de origem grega e significa amassar assim como em hindu a palavra shampooing ou amassar traduz a ideia de pressionar.



O que é a Massagem?
A massagem é uma terapia muito antiga que remonta os primórdios do nosso tempo.

Ao longo dos anos foi sendo aperfeiçoada e melhorada por vários países e civilizações mas também por grandes médicos e especialistas em massagem. Um desses médicos é o grego Hipócrates que é considerado o " Pai da Medicina" e que contribuiu e muito para a descoberta de certos métodos e técnicas que se utilizam hoje. Muito antes de Hipócrates ter descoberto as vantagens da massagem terapêutica e da fricção foram os chineses os primeiros a dizer e a reconhecer as propropriedades curativas da massagem. O texto médico foi escrito por Nei Ching em 2800 a.C.

Outro grande contributo para a massagem foi Per Henrik Ling da Suécia que em 1813 foi credenciado com o Estabelicimento do Central Royal of Gymnastics em Estocolmo e organizou a massagem e os exercícios terapêuticos num sistema que se tornou conhecido como Ginástica Médica.

O objetivo da massagem é aliviar as dores, ativar a circulação sanguínea, reduzir tensões, o cansaço, as dores musculares, relaxar, para isso a massagem implica ter conhecimentos sobre como tocar, pressionar e massagear diversas zonas do corpo porporcionando assim um sentimento de bem estar.

A importância do toque na massagem é fundamental para estabelecer uma aproximação entre o paciente e o massagista de forma que a massagem seja o mais agradável e relaxante.

As mãos do massagista são o seu instrumento mais importante pois é com elas que o massagista vai transmitir toda a sua energia e calma necessárias para concretizar a massagem. É por isso que as suas mãos devem estar sempre muito bem limpas, desinfetadas com alcool e devem deslizar suavemente pelo corpo com a pressão ideal, com os óleos necessários, massagear, friccionar e golpear.

Quando se realiza a massagem a pessoa deve estar o mais relaxada possível, deitar-se numa posição confortável para ela.

A pessoa para se sentir bem e confortável antes da massagem é necessário que esteja num ambiente calmo, para isso utiliza-se uma luz suave, uma música calma e relaxante e uma temperatura agradável.

Indicações e Contra - Indicações

Indicações
Os benefícios da massagem que podem ser esperados quando ela é aplicada e utilizada apropriadamente são :

-Aumentar a circulação na musculatura paralisada;
-Restaurar oas músculos rígdos para o seu comprimento normal de repouso;
-Mobilizar os tecidos que estão aderidos de forma anormal ás estruturas vizinhas;
-Aumentar a tolerância dos tecidos á pressão;
-Aliviar a dor;
-Relaxamento específico e geral;
-Melhorar o bem estar físico e psicológico

A massagem é melhor utilizada com outras modalidades elaboradas para reduzir a dor, promover a cicatrização e restaurar a função.

Contra - Indicações
Nas contra-indicações podem ser esperadas reacções adversas em 3 tipos diferentes de circunstâncias:

1) Quando a massagem é contra-indicada para o paciente;
2)Quando a técnica é inapropriada para a condição que está a ser tratada;
3) Quando uma técnica inapropriada é incorretamente aplicada.

Contra-Indicações Gerais á Massagem

Infecção Aguda
-Ossos ( por exemplo, osteomiolite)
-Articulações ( poe exemplo, artrite séptica)
-Pele ( por exemplo, dermatite)
-Músculos ( poe exeplo, miosite)
-Tecido Subcutâneo ( por exemplo, celulite)

Doença de Pele ( por exemplo, psoríase)
Cancro ou Tuberculose na área a ser tratada
Áreas de hiperestasia grave
Presença de corpos estranhos ( areia, vidro)
Doenças dos vasos sanguíneos ( por exemplo, troboflebite)
A massagem pode ser ministrada apenas com grande cuidado, a pacientes que apresentem varicosidade significativa, hemofilia ou edema vísivel.

As Contra-indicaçãoes podem ser divididas em Gerais e Locais:

Contra - Indicações Gerais
São aquelas que requeram a avaliação de uma médico para despistar problemas latentes sérios, antes de a massagem ser aplicada. Se a massagem for recomendada pelo médico, este deverá ajudar o terapeuta a desenvolver um plano de tratamento abrangente. As disfunções relativas á saúde mantal fazem parte das contra-indicações gerais.

Contra - Indicações Locais
São aquelas que se relacionam a uma área específica do corpo. Para os nossos propósitos, contra-indicação local significa que a massagem pode ser dada, evitando as áreas problemáticas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails