sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Anamnese e diagnóstico em dessarranjos corporais


Quando alguém procura um Massoterapeuta, está em busca de uma massagem, jamais podemos esquecer disso; ele não quer um Psicólogo, um Nutricionista, um Clínico Geral. Ele quer um Terapeuta Holístico. Mesmo que não conheça a fundo o significado desta função, ele sabe que numa mesa de massagem vai conseguir relaxar seu corpo e se desligar por alguns instantes de seus problemas. Daí a importância de se conhecer as diversas linguagens humanas, e entender que quando tocamos o corpo de alguém, tocamos uma somatória de experiências, uma vida inteira, alcançamos sua alma.

É preciso deixar o paciente / cliente à vontade, pois este é o seu objetivo, relaxar. Cursos técnicos de nada valem quando não aprendemos a lidar com a alma humana. Jamais conseguiremos solucionar os problemas emocionais e físicos de qualquer indivíduo que nos procure. Tal qual o psicólogo, o médico, o amigo, daremos as orientações a serem seguidas, mas apenas se este der abertura. Nem sempre quem procura uma massagem procura conselhos, é preciso tomar cuidado para não invadir o outro com perguntas e opiniões que muitas vezes não são bem vindas.

A função do terapeuta é promover a reintegração do ser com ele mesmo, de maneira sutil e tranquila, com o redescobrimento do corpo, o indivíduo vai restabelecendo o fluxo natural de suas energias, aí então, ocorre a transformação a nível emocional, quando nos redescobrimos inteiros ( corpo /mente / fluidos energéticos).

O massoterapeuta é um condutor energético, servindo também como filtro e restaurador. Por isso é importante que o massoterapeuta mantenha os pés descalços durante uma sessão, para que as energias negativas possam ser drenadas pela terra, e as positivas, transmitidas ao paciente/cliente.

A função do terapeuta é mostrar ao cliente/paciente que nele estão contidas todas as forças do universo. A interação energética que ocorre num processo de massagem é capaz de despertar essa sensação de totalidade, plenitude e renovação.

Já dissemos, por exemplo, que a causa de determinado desajuste é o estresse; isso não é suficiente, é preciso saber qual o fator desencadeante. Muitas vezes o corpo nos dirá, mas o cliente / paciente precisa se mostrar aberto e disposto a ouvir. Iremos conduzir ao autoconhecimento, ao mesmo que tempo em que trabalharemos as emoções solidificadas no corpo ( podem ser estados emocionais presentes, ou resquícios de vivências e atitudes passadas )

As pessoas são diferentes, indivíduos únicos, e o tratamento oferecido jamais poderá ser o mesmo. As manobras da massagem podem se repetir, mas as sessões serão conduzidas de acordo com as necessidades e limites do cliente/paciente. Jamais será permitido um diagnóstico, podemos apenas demonstrar possibilidades de causas dos desarranjos físicos, pois as causas reais, apenas o atendido poderá saber.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails