quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Massoterapia: alivie o estresse e ganhe qualidade de vida



A massoterapia é hoje uma importante aliada contra os inimigos da saúde. É por meio dela que muita gente tem deixado um pouco de lado o mundo estressante em que vivemos, para equilibrar corpo e mente.
Como o nome já diz, a massoterapia é um tratamento através de massagens, e pode ser feita dos pés à cabeça, aliviando dores, tensão, cansaço e traumas físicos; melhorando a circulação do sangue e a flexibilidade.
O responsável pelo bem-estar, ou seja, quem executa o procedimento é o massoterapeuta. Um profissional que pode usar várias técnicas, de acordo com o diagnóstico de cada pessoa.
E aqui chegamos ao ponto que diferencia a massoterapia de uma massagem comum. Isto é, a habilidade que o profissional qualificado tem de direcionar o trabalho dele em função das necessidades do cliente.
Veja como é fácil de entender: se você tem dor nos músculos das costas ou deseja aumentar sua flexibilidade, o massoterapeuta possui os recursos técnicos específicos para cada objetivo.
O que ele utiliza nos exemplos acima é diferente do que ele dispõe para um paciente que precisa aliviar o estresse, relaxar.
No caso da massagem comum, o massagista deve seguir uma sequência determinada, normalmente a mesma para todos.

Como funciona a massoterapia

O massoterapeuta pode fazer especializações em diversos tipos de massagem, podendo atuar em clínicas de massoterapia, estética ou reabilitação, além de clubes esportivos e spas, entre outros.
A massoterapia abrange variadas modalidades de massagens, inspiradas tanto nos conhecimentos orientais quanto ocidentais.
Entre as principais técnicas usadas pelo profissional de massoterapia estão: Drenagem Linfática, Shiatsu, Reflexologia podal, Do-in, Tuiná, Ayurvédica.
E tem muito mais. Veja:
  • Acupressura
  • Anma
  • Bamboo
  • Bowen
  • Facial
  • Cinesiologia
  • Lian Gong
  • Moxabustão
  • Neuromuscular
  • Pedras Quentes
  • Quick Massage
  • Quiropraxia
  • Ventosa
  • Reflexologia
  • Reiki – Energético
  • Respiração
  • Rolfing
  • Sei Tai – Quiropraxia japonesa
  • Shantala – Massagem para bebês
  • Tailandesa – Massagem com muitos alongamentos derivados da yoga
  • Terapêutica
  • Trigger Points – Pontos de gatilho
  • Tui-Na – Massagem chinesa

Confira alguns dos benefícios da massoterapia

  • Estimula a circulação do sangue de uma maneira geral
  • Auxilia no controle das tensões, estresse, ansiedade e irritabilidade
  • Alivia e ajuda a prevenir as dores musculares
  • Favorece a normalização das funções fisiológicas
  • Contribui para o fortalecimento da imunidade
  • Proporciona bem-estar e uma melhor qualidade de vida
  • Ajuda o organismo a eliminar resíduos metabólicos
Mesmo com tantos pontos positivos, é sempre interessante conversar com seu médico antes de marcar uma sessão de massoterapia.
Afinal, ele, melhor do que ninguém, pode identificar se há algum tipo de restrição – ou até mesmo contraindicação – relacionado às técnicas que foram indicadas para o seu caso especificamente.

Saiba mais sobre a massoterapia

A palavra massagem tem origem grega: masséin que significa apertar ou amassar. Mas na atualidade ganhou mais conceitos a partir da palavra francesa massage, que também quer dizer esfregar, bater ou apertar.
Os indícios mais antigos de existência da massagem têm mais de 5 mil anos.
Entre os povos da antiguidade, o massagista era médico; o próprio pai da medicina, Hipócrates (460AD – 370AD), costumava dizer que bom médico deveria saber amassar.
Porém, se a gente for mesmo parar para analisar, o ato de massagear é muito mais antigo do que se imagina. É só lembrar que qualquer um de nós, ao primeiro sinal de dor de cabeça, costuma pressionar as têmporas.
Outra prova de que a massagem é uma das maneiras mais remotas para tratar músculos, o esqueleto e desconfortos diversos é que também fazemos círculos na barriga quando ela dói.
Então, está esperando o que para comprovar você também as sensações agradáveis que só uma boa massagem pode proporcionar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails