sábado, 16 de novembro de 2013

Massoterapia



1 REVISÃO DE LITERATURA 
1.1 Massoterapia 

A massoterapia é uma modalidade das terapias manuais mais procuradas na atualidade. Segundo Guirro e Guirro (2002, p. 67), "a massagem pode ser definida como a compressão metódica e rítmica do corpo, ou parte dele, para que se obtenha efeitos terapêuticos" . Sendo assim, especializou-se, aprimorou-se como técnica terapêutica, através de estudos padronizados. Os autores ainda citam: .. "a massagem na atualidade não é mais considerada como empírica e sim como ciência, uma vez que muitos efeitos relacionados a este recurso foram estudados".

Há diversos tipos de massagens propostas por vários autores, porém derivam de movimentos primários denominados massagem clássica.

Ainda segundos os autores já citados, os movimentos da massagem clássica são: deslizamento superficial ou profundo (effleurage), amassamento (petrissage), percussão (tapotment), fricção e vibração e movimentos associados como o rolamento que associa o deslizamento com amassamento.

Os autores ainda destacam os efeitos fisiológicos da massagem clássica: efeitos circulatórios (aumento do fluxo e velocidade sangüínea); efeitos neuromusculares (sedativo e analgésico dos subprodutos do exercício no músculo) e efeitos metabólicos (diurese) e efeitos reflexos ( aumento da atividade simpática, da pressão sangüínea sistólica, da freqüência cardíaca, da atividade glandular sudorípara, de temperatura de pele e corporal e diminuição de freqüência respiratória).

Em se tratando do uso de massagem clássica como terapêutica visando eliminar gordura localizada, Kalb e Wright citados por Guirro e Guirro (2002, p. 71) afirmam em estudos clínicos em pacientes obesos que a massagem não tem efeito sobre a obesidade generalizada ou sobre depósitos especializados de gordura, sendo ineficaz para a redução de peso. Guirro e Guirro (2002, p. 336), afirmam quanto a massagem que, "a eficácia sobre a obesidade não é comprovada cientificamente, ao contrário experimentos mostram que não tem nenhuma ação sobre os depósitos de gordura".

Em contrapartida, para os autores Clay e Ponds ( 2003, p. 5) citando os princípios da massoterapia clínica enfatizam : " o indivíduo é um organismo global, tudo está interligado e relacionado; o tecido muscular encurtado não pode funcionar; os tecidos moles do corpo reagem ao toque". Os autores afirmam que a " intervenção manual nos tecidos disfuncionais interrompe o processo de feedback, forçando a uma certa mudança na resposta neural, e portanto, no funcionamento do tecido afetado propriamente dito".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails