quarta-feira, 23 de maio de 2012

Benefícios da massagem relaxante



A massoterapia proporciona bem-estar físico e mental e pode auxiliar tratamento para engravidar

O ritmo acelerado da vida contemporânea traz diversos malefícios à saúde. Estresse e ansiedade são algumas das consequências oriundas desse estilo de vida adotado nos últimos anos. Esse desgaste emocional ataca as defesas do organismo, deixando as pessoas vulneráveis à manifestação de diversos problemas de saúde dos quais os mais comuns são alterações nos batimentos cardíacos (que levam a complicações cardiovasculares), dores de cabeça e dores musculares. Estudos recentes comprovaram que muitas vezes a dificuldade de engravidar de mulheres em idade fértil é consequência de uma rotina estressante.

Como evitar o estresse e a ansiedade

O massoterapeuta deve fazer a massagem com pensamentos bons e foco total no paciente.
O ideal seria canalizar preocupações e abstrair tudo que possa contribuir para o aumento do grau de estresse. No entanto, essa estratégia exige um esforço descomunal, pois não é fácil simplesmente ignorar os fatos se eles fazem parte do dia a dia e acabam afetando as atividades rotineiras. Assim, é importante que hábitos saudáveis sejam adotados, como dedicar-se a atividades físicas e comprometer-se a manter uma alimentação equilibrada. Uma terceira atitude que pode ser decisiva para a conquista de uma vida menos estressante é recorrer a técnicas de relaxamento, indicadas, inclusive, às mulheres que estejam tentando engravidar.

Origem da massoterapia

A etimologia latina da palavra “massoterapia” significa “masso” amassamento e “terapia” tratamento. Há registros muito antigos sobre essa técnica de relaxamento que foi desenvolvida nas civilizações orientais e egípcias e depois disseminada para os outros povos. Tal método era utilizado na Grécia e em Roma durante a Idade Média para proporcionar relaxamento e prevenir doenças em pessoas de todas as idades. Assim que chegou à Europa, a massagem foi proibida em alguns países nos quais ela foi considerada libertina em virtude da sua técnica: o toque da mão no corpo desnudo. Essas localidades demoraram algum tempo para conferir valores terapêuticos e profissionais à massoterapia.

Tipos de massagem

Entre diversos benefícios, a shantala fortalece o vínculo afetivo dos pais com o bebê.
A massoterapia pode ter caráter curativo ou paliativo, pode proporcionar efeitos terapêuticos ou estéticos. As técnicas utilizadas variam de acordo com o tratamento desejado. A massoterapeuta Gislene de Oliveira Alves, pós-graduada em massoterapia em Portugal, afirma que os tipos de massagem podem ser elencados em:

- Massagem terapêutica: para tratamento de dores e disfunções;
- Massagem preventiva: para relaxamento;
- Massagem desportiva: para relaxamento, aquecimento e recuperação;
- Massagem estética: para embelezamento, modelagem e drenagem.

A especialista ressalta que dentro dessas quatro modalidades gerais é possível encontrarmos diversos outros métodos de aplicação, como a massagem modeladora, para prevenção e diminuição de gordura localizada, celulite e medidas; a drenagem linfática, para eliminação das toxinas do organismo; bioenergética, para estabilizar o sistema nervoso central e combater a depressão; shantala, para aliviar a cólica, fortalecer o sistema imunológico e acalmar os bebês.

Massoterapeuta profissional

A sala de massagem deve ter uma decoração suave e uma música relaxante para tornar o ambiente mais agradável.
O curso Massagem Relaxante e Terapia com Pedras Quentes, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, explica em detalhes o que é a massoterapia: origem, conceito, tipos de massagem, indicações, contraindicações e reações ao tratamento. Além disso, o curso discorre sobre procedimentos e comportamentos que devem ser adotados pelo massagista profissional, bem como cita o material necessário à terapia e descreve como deve ser o ambiente de trabalho. Ao longo do curso, Alves ensina passo a passo como fazer a quiromassagem, a massagem para torcicolo, a massagem a quatro mãos, a massagem em grávida e a terapia com pedras quentes.

Óleos para massagem

Material indispensável em qualquer massagem são os óleos. Estes podem ser de origem vegetal, animal ou mineral. No início do século XX foi descoberto um quarto tipo de óleo bastante benéfico ao ser humano em diversos tipos de tratamento, o óleo essencial, extraído de plantas através de destilação ou pressão. O óleo essencial é muito utilizado em aromaterapia, pois é capaz de penetrar profundamente na pele, chegando até às células para estimular o seu metabolismo e a sua regeneração. Em determinado ponto do curso, a massoterapeuta elenca e descreve qual a exata finalidade de cada óleo essencial, auxiliando o profissional no tratamento das diferentes patologias apresentadas pelos clientes.

Tratamento de patologias com óleo e massagem

A massoterapia diminui o grau de estresse e ansiedade da mulher, podendo auxiliar tratamentos para engravidar.

Para tratamento de crises asmáticas, por exemplo, a massagem deve ser conduzida com o auxílio dos óleos essenciais Bergamot, Chamomile, Lavender, Neroli e Rose. Para tratar pessoas que sofrem de dor de cabeça, o profissional deve aplicar os óleos Lavender e Peppermint na região das sobrancelhas antes de iniciar a massagem relaxante. Para terapias focadas no tratamento da depressão que causam irritação e insônia, o efeito da massagem será mais satisfatório se ela for aliada aos óleos Chamomile, ClarySage, Lavender, Sandalwood e YlangYlang.


Por Camila Guimarães Ribeiro


Fonte: CPT – Centro de Produções Técnicas : www.cpt.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Share It

Related Posts with Thumbnails