sábado, 18 de fevereiro de 2017

Massagem clássica





A massagem clássica pode ser definida como o uso de diversas técnicas manuais que objetivam promover o alivio do estresse ocasionando relaxamento, mobilizar estruturas variadas, aliviar a dor e diminuir o edema. Na atualidade a massagem não é considerada como empírica e sim como ciência, uma vez que muitos efeitos relacionados a este recurso foram estudados.

Revisar os tipos de massagens e seus benefícios, e ressaltar que a massoterapia vem passando por muitas modificações, à medida que mais pessoas vêm descobrindo sua eficácia como método de relaxamento, de combate ao estresse, de alívio da dor e disfunção.



Materiais e métodos: Este artigo é uma revisão sistemática da literatura, através de livros e artigos científicos indexados no site Scielo, publicados no período de 1998 a 2010.


Resultados: Devido ao padrão de beleza imposto atualmente, somado ao crescimento do número de pessoas obesas e com sobrepeso no Brasil, observa-se insatisfação com a imagem corporal e maior preocupação e desconforto com o corpo, aumentando a procura por tratamentos estéticos. Quando executada adequadamente, a massagem clássica estética pode auxiliar na redução de medidas e edemas, estimular a circulação sanguínea, o metabolismo e as respostas neuromusculares, harmonizar os contornos corporais e minimizar a ansiedade e a depressão contribuindo para o aumento da autoestima e da qualidade de vida. Entretanto, a ação da massagem clássica no tecido adiposo ainda é um tema extremamente controverso, pois alguns autores acreditam haver efeito lipolítico sobre o tecido adiposo e outros não.


Conclusão: A massagem clássica promove muitos benefícios para o corpo e mente, porém, há discordância de muitos autores a respeito da massagem auxiliar na perda de peso e redução de medidas corporais, devido a isso se sugere a realização de novos estudos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails