sábado, 22 de julho de 2017

Massagem: Ação Anti-Inflamatória


"A publicação na revista Science Translational Medicine (2012) conclui que a massagem tem uma ação anti-inflamatória e é eficaz na reabilitação de músculos que sofrem lesões. "Há consenso de que a massagem produz bem-estar. Agora temos base científica para explicar como ela atua", afirma Simon Melov, do Instituto Buck, nos EUA.


Os cientistas concluíram que a massagem estimula a produção de sinais químicos que diminuem a inflamação e estimula a geração de mitocôndrias, pequenas estruturas que funcionam como verdadeiras usinas de energia dentro da célula. Assim, a prática de massagem também contribui para acelerar a reconstrução de tecidos musculoesqueléticos, afetados por exercícios físicos ou doenças. "Os benefícios da massagem podem ser úteis para um amplo grupo de indivíduos que inclui idosos, pessoas que sofrem de lesões musculoesqueléticas e pacientes com doença inflamatória crónica", pondera Mark Tarnopolsky, principal autor do estudo e cientista de Departamento de Pediatria e Medicina da Universidade de McMaster, em Ontário (Canadá). "Apesar de não ter efeito sobre metabólitos musculares (como ácido lático), a massagem diminui a produção do fator inflamatório, mitigando o stress celular da fibra muscular."


Dez minutos de massagem bastariam para produzir um efeito benéfico perceptível, aponta o artigo, que contou com a participação de 11 atletas voluntários." Livro Massoterapia Oriental e Ocidental - A Linguagem do Toque

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts with Thumbnails